Poder Judiciário é homenageado em cerimônia na FIEAC

Desembargadora-presidente Waldirene Cordeiro recebeu a homenagem das mãos do presidente da entidade, José Adriano, pelas contribuições e parcerias firmadas; Projeto Radioativo é uma delas

O TJAC foi homenageado na noite desta quarta-feira, 7, durante a cerimônia de comemoração dos 33 anos de instalação da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC).

O evento ocorreu no auditório da Federação, com a observação das medidas sanitárias em vigor, na presença da presidente do TJAC, desembargadora Waldirene Cordeiro, do presidente da FIEAC, José Adriano, do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, bem como de diversas outras autoridades, representantes de instituições públicas, incluído o Governo do Acre, além de empresários e industriários que prestigiaram o evento.

Como bem observou o cerimonial, a data representa “a realização de sonho de fundação de uma entidade que representasse o setor industrial acreano”, cujo prelúdio remonta aos idos de 1973, quando comerciantes começaram a se associar a entidades de classe. A instalação definitiva da FIEAC se daria somente em 7 de julho de 1988, depois de 15 anos de muitas lutas pela consolidação dos sindicatos.

 

A desembargadora-presidente recebeu uma placa de homenagem pelas parcerias firmadas e o apoio mútuo que exercem, em várias ações, o TJAC e a FIEAC. A mais conhecida delas é o Projeto Radioativo, que disponibiliza capacitações e oferece vagas de estágio a adolescentes egressos do sistema socioeducativo, ajudando a transformar o futuro de muitos jovens acreanos.

A presidente do TJAC comentou a homenagem concedida pela Federação das Indústrias do Estado do Acre e ressaltou a importância das ações desenvolvidas em parceria, sempre em prol da comunidade e, em especial, da parcela mais vulnerável do estado do Acre

Assessoria | Comunicação TJAC