TJ do Acre celebra a vida levando vacina contra a COVID-19 ao público interno

Esperança e alegria marcam a imunização contra a COVID-19, no TJAC, destinado a a servidores, magistrados, colaboradores, terceirizados e dependentes, a partir de 38 anos.

O compositor tropicalista Gilberto Gil, na letra de Copo Vazio, diz que “É sempre bom lembrar que um copo vazio está cheio de ar. É sempre bom lembrar que o ar sombrio de um rosto está cheio de um ar vazio”. Vazio esse que só quem perdeu um ente querido consegue sentir, mas não descrever. No momento em que o Brasil atingiu a marca de 500 mil vítimas do novo coronavírus, aquele que consegue ser vacinado pode se considerar um sobrevivente.

Esse sentimento de esperança e alegria foi sentido pelo servidor Angelo Douglas, da Secretaria de Relações Públicas e Cerimonial, que recebeu a primeira dose da vacina contra a COVID-19, que iniciou na manhã desta segunda-feira, 21, no Centro Médico, nas dependências da sede do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC). “Tomar a vacina renova a esperança e que esse momento difícil acabe logo”, concluiu emocionado.

 

A aplicação da primeira dose foi assistida com alegria pela presidente do TJAC, desembargadora Waldirene Cordeiro, que estava acompanhada do coordenador do Comitê Gestor Local de Atenção à Saúde, desembargador Luís Camolez, e da presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) Maria Rosinete dos Reis.

A presidente do TJAC, desembargadora Waldirere Cordeiro, lamentou a perda das vítimas, destacou a importância do momento e reforçou o convite. “O Tribunal de Justiça do Acre é uma instituição pública que preza pelo bem de toda sociedade e se tornar um ponto de vacinação para o público interno colabora com a imunização, e consequentemente, superando essa situação lamentável, que ceifou a vida de meio milhão de pessoas no nosso país. Então, convido todos e todas que integram o Judiciário, juízes, juízas, servidores, colaboradores, terceirizados, terceirizadas e seus dependentes a irem se vacinar” concluiu.

 

Para o coordenador do Comitê Gestor Local de Atenção à Saúde, desembargador Luís Camolez, o momento é de celebrar a vida. “No período que todos humanos buscam soluções para minimizar os efeitos da pandemia mundial da covid-19, a administração do TJAC, demonstrando agilidade para contribuir com as medidas, deu início a vacinação do público interno, obedecendo a faixa etária conforme programação do Ministério da Saúde. O momento é festejado por todos e gratos com a iniciativa da Presidente do TJ”, finalizou.

O técnico judiciário Marilson Lima Macedo, da Segunda Vara da Fazenda Pública não perdeu tempo e foi com a esposa buscar a imunização. “É muito importante, nós passamos quase dois de pandemia, mas a vacina chegou a tempo e possamos agora ter uma nova perspectiva de vida daqui pra frente com todos imunizados, que a vida volte a sua normalidade e que essa pandemia passe de ume vez”.

 

A ação é uma iniciativa da Presidência do TJAC, através da Gerência de Qualidade de Vida (Gevid), em parceria com a Prefeitura Municipal de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA).

A vacinação iniciou às 9h às 16h, sem intervalo, no Centro Médico do TJAC destinado a servidores, servidoras, magistrados, magistradas, colaboradores e colaboradoras, terceirizados e terceirizadas, e dependentes, a partir de 38 anos.

Importante destacar que grávidas e puérperas, devem se dirigir ao Centro Médico Ary Rodrigues, localizado no Bairro 6 de Agosto.

Os documentos necessários são RG, CPF, cartão do SUS e carteira de vacinação (se tiver).

 

Assessoria | Comunicação TJAC