Presidente do TJAC participa de evento em alusão aos 59 anos do Estado do Acre

Evento ocorreu na Gameleira e contou também com condecoração do novo comandante do Comando Aéreo Amazônico e homenagem às vítimas da COVID-19

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, foi uma das autoridades presentes no evento, que ocorreu na Gameleira, de celebração dos 59 anos em que o Território do Acre foi elevado à condição de Estado. A cerimônia contou com a troca e hasteamento da nova bandeira do Acre. 

Foi a lei 4.070, de 1962, que elevou o Acre à condição de Estado Brasileiro, antes Território Federal. Mas o processo não foi nada simples. Durou anos, muitas barreiras a serem superadas, conflitos e elevou o nome de gente que lutou por tal momento, como Guiomard dos Santos, autor da lei, e José Augusto, primeiro governador eleito diretamente pelo povo do Acre e deposto pela ditadura.

O evento contou ainda com a condecoração do novo comandante do Comando Aéreo Amazônico (VII Comar), brigadeiro-do-ar Luiz Guilherme da Silva Magarão com a Ordem da Estrela do Acre no Grau Comendador por seus serviços prestados em defesa do Acre.

Em seu pronunciamento, a desembargadora-presidente enfatizou sobre o  momento delicado, triste e que, infelizmente, tem deixado marcas profundas na história e na alma, que é a pandemia e as mortes de mais de 480 mil brasileiros.

“É preciso mostrar respeito, solidariedade e continuarmos trabalhando com mais afinco, ética e dedicação para juntos, com estabelecimento de políticas de proteção à vida, superarmos isso. Então, apesar desse cenário desolador, é importante comemorarmos nossas conquistas que compõem nossa história, colaborando com o desenvolvimento da sociedade acreana, fortalecimento a democracia e, neste momento, principalmente, auxiliando na superação da pandemia da COVID-19”, disse.

 

 

O governador Gladson Cameli fez questão de ressaltar que o Acre tem  muito a comemorar. Ele destacou o investimento milionário no sistema de saúde estadual, reforma de escolas, o avanço do programa de recuperação de ramais, a reorganização da máquina pública administrativa e tantas outras vitórias que devem dar esperança aos acreanos, junto ao desafio de seguir pela geração de emprego e renda no estado.

A celebração teve ainda homenagem aos acreanos vítimas da pandemia de COVID-19. Balões foram soltos ao vento em homenagem também aos sobreviventes da doença

 

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 16/06/2021