TJAC mantém produtividade durante pandemia

No período de abril a dezembro de 2020, os números foram favoráveis em todas as instâncias, incluindo as Turmas Recursais

Desde que iniciou a quarentena, o Poder Judiciário do Acre tem apostado de forma intensificada na tecnologia e ações estratégicas para enfrentar os desafios de manter a rotina de trabalho, mesmo com as atividades, em sua maioria, ocorrendo em home office.

Dados levantados pelo Núcleo de Estatística e Gestão Estratégica (NUEGE/TJAC) apontam que, no período de abril a dezembro de 2020, os números foram favoráveis em todas as instâncias, incluindo as Turmas Recursais.

No Primeiro Grau, por exemplo, durante os oito meses do ano em questão, foram 81.999 decisões; no Segundo Grau e Turmas Recursais, que possuem um único sistema, foram 9.447 decisões. No total, em todo o Tribunal de Justiça do Acre, foram 115.876 despachos, 91.446 decisões, 48.610 julgamentos, tendo 2.249.338 em atos serventuários chegando a 2.505.270 os números finais.

A contagem, feita diretamente na base de dados do SAJ pegando os registros de movimentações, de acordo com o Nuege, foi por movimento.

Em consequência da pandemia do novo coronavírus e mesmo com o esforço da Administração, criando mecanismos para os serviços não pararem, os desafios foram muitos. 

Mesmo assim, pela intensidade, organização e desempenho aos serviços prestados à sociedade, o TJAC conquistou Selo Ouro no prêmio ‘CNJ de Qualidade 2020’, do Conselho Nacional de Justiça.

O Prêmio CNJ de Qualidade reconhece os tribunais que se destacaram no último ano, pela gestão estratégica, governança, produtividade, transparência, gestão de dados e tecnologia, resultando na melhoria da qualidade da prestação jurisdicional.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 01/02/2021