TJAC apoia causa social na distribuição de cestas básicas às mulheres em situação de vulnerabilidade

As doações, que ocorrem no Escritório Social, mediante cadastro, é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres 

 

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), por meio da Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar (COMSIV), é uma das instituições parceiras nas distribuições de 3.528 cestas básicas às mulheres em situação de vulnerabilidade e/ou em situação de violência.

As doações, que ocorrem no Escritório Social, na última segunda-feira, dia 8, mediante cadastro, é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres em parceria com as instituições e entidades que integram a Rede de Proteção à Mulher.

A COMSIV do TJAC executou o levantamento, através das unidades judiciárias, das mulheres vítimas de violência doméstica e encaminhou a lista à coordenação do Escritório Social, que providenciou a distribuição.

“A missão social decorre do aumento considerável da quantidade de agressões às mulheres durante a pandemia bem como do desemprego. A iniciativa das doações das cestas básicas é uma forma concreta de mostrar que essas mulheres não estão sozinhas. A Rede de Proteção tem exercido o seu papel”, comentou a desembargadora Eva Evangelista, responsável pela COMSIV.

 

Assessoria | Comunicação TJAC