Tribunal de Justiça do Acre convoca estudantes de direito aprovados no processo seletivo para estágio

Do último processo seletivo foram chamados 48 estudantes para atuarem nas unidades judiciais da Comarca de Rio Branco.

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) publicou na edição n°6.418 do Diário da Justiça Eletrônico, da quarta-feira, 21, o Edital n°11/2019 que convoca  seis estudantes de direito, classificados no Processo Seletivo Simplificado de 2018, para contratação de estagiários de nível superior.

Para não perderem as vagas, os acadêmicos têm cinco dias úteis para entregarem a documentação exigida no Anexo Único do edital, na Gerência de Desenvolvimento de Pessoas (GEDEP), no horário das 8h às 13h e das 15h às 18h. A GEDEP está localizada na sede administrativa do TJAC, Rua Tribunal de Justiça, Via Verde.

O Poder Judiciário do Acre reconhece que o estágio é uma oportunidade para o estudante colocar em prática as teorias e técnicas apreendidas em sala de aula, ampliando seu conhecimento e experiência profissional. Tanto que deste último processo seletivo, já foram chamados 48 estudantes para atuarem nas unidades judiciais da Comarca de Rio Branco.

A maioria destes convocados é da área do Direito, pois o TJAC realiza as contratações conforme a necessidade e, ultimamente, tem-se investido no aprimoramento dos serviços jurisdicionais, o que entra na política nacional de priorização e fortalecimento do 1º e 2º Grau de jurisdição, adotada pela atual gestão, Biênio 2019/2021, com a presidência do desembargador Francisco Djalma.

Prática e aprendizado

A Lei n°11.788, de 25 de setembro de 2008, garantiu a esses profissionais em formação alguns direitos, como recesso remunerado e fixação de carga horária de trabalho. Além disso, a norma legal determinou que esse momento fosse para o aprendizado e desenvolvimento das competências do acadêmico.

O estudante do 10° período de Direito da Universidade Federal do Acre, João Paulo Moreira, está estagiando pela segunda vez no Poder Judiciário. A primeira foi de 2016 a 2018, quando trabalhou no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), do Fórum Barão de Rio Branco, o contrato acabou e o acadêmico fez novamente o processo seletivo, passou em quinto lugar e foi convocado para o gabinete da desembargadora Eva Evangelista.

“Participei de processo seletivo para estágio do Tribunal em 2016, foi uma experiência ótima, eu trabalhava com processos, tinha contato com as partes. Isso foi muito importante, não só para o aprendizado jurídico, mas também para meu crescimento pessoal. E quando acabou, tinha feito esse último processo seletivo e voltei, cai no 2° Grau, e está sendo uma experiência maravilhosa, estou amadurecendo aqui”, revelou João Paulo.

Documentação exigida:

Conforme o documento de convocação, os documentos são:

  • CPF e RG* (originais);
  • Declaração ou Atestado de Frequência da Instituição de Ensino Superior (atualizada)*;
  • Certidão Negativa de Antecedentes Criminais, disponibilizada no site www.tjac.jus.br;
  • Comprovante de residência contendo o CEP da rua (original)*;
  • Duas fotos 3X4;
  • Aos portadores de necessidades especiais será necessária a apresentação do atestado médico;
  • Declaração Pessoal de que NÃO POSSUI OUTRO VÍNCULO DE ESTÁGIO e que dispõe de horário compatível com o expediente forense.
  • Conta Salário na Caixa Econômica Federal (Ofício expedido pela GEDEP).

*Os classificados devem levar os documentos originais, que serão digitalizados pelo setor responsável e devolvido aos candidatos.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, ,

Fonte: GECOM Atualizado em 22/08/2019