Atual gestão do TJAC inicia processo de transição com próxima administração

Reunião definiu fluxo de processo de transição da nova gestão eleita no último dia 14, e que tomará posse em fevereiro de 2021

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, acompanhado do vice-presidente, desembargador Laudivon Nogueira, realizaram nesta segunda-feira, 19, a primeira reunião de alinhamento do processo de transição com a nova gestão que assume em fevereiro de 2021. Eleitos no último dia 14, a desembargadora Waldirene Cordeiro será a nova presidente, tendo ao seu lado o desembargador Roberto Barros como vice-presidente, e o desembargador Élcio Mendes, na função de corregedor-geral da Justiça.

O processo de transição deve seguir o planejamento estipulado pela atual gestão. A equipe de direção deve entregar aos eleitos relatórios com dados sobre planejamento, da estatística processual, do trabalho realizado por comissões, orçamento, estrutura organizacional e outros dados necessários para administração do Judiciário.

“Tivemos uma eleição harmoniosa e manteremos esse espírito no processo de transição, para que tudo seja feito com tranquilidade e responsabilidade. E desejo a nova gestão, muito sucesso nesse novo desafio. Com certeza estaremos juntos e empenhados para que os próximos dois anos também sejam de sucesso e bom trabalho”, ressaltou o presidente do TJAC, desembargador Francisco Djalma.

Foram eleitos ainda os novos presidentes das Câmaras Cíveis e Criminal, coordenador dos Juizados Especiais e o diretor da Escola do Poder Judiciário (ESJUD), além da escolha do membro titular na classe de desembargador para compor o próximo biênio no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). Todas as escolhas foram à unanimidade.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: GECOM Atualizado em 19/10/2020