Homem é condenado a sete anos de reclusão por matar vizinho

O réu acompanhou todo o julgamento por videoconferência, pois atualmente reside em outro estado brasileiro

Na última quarta-feira, 6, houve julgamento da 1ª Vara do Tribunal do Júri e um homem foi condenado a sete anos de reclusão por homicídio qualificado pela motivação torpe. O réu matou a vítima por ciúmes, pois entendeu que o vizinho estava “dando em cima” de sua mulher.
 
Os fatos ocorreram em 2008, no bairro Preventório da capital acreana. O réu apunhalou a vítima pelas costas e ele morreu poucos metros depois.
 
Apesar de ter se livrado da faca utilizada, ela foi encontrada pelos policiais. Na audiência, ele confessou o crime. Como foi preso preventivamente em maio de 2018 e ficou recluso até julho de 2019, foi realizada a detração da pena, por isso a sentença previu a progressão do regime de pena para o semiaberto.
Miriane Teles | Comunicação TJAC