Presidente do TJAC é eleita secretária de Cultura do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Justiça

Com objetivo de fortalecer a magistratura e defender os princípios institucionais do Judiciário, o Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Justiça foi criado em 1992 e a eleição  da nova direção aconteceu durante o 120° Encontro de Presidentes dos Tribunais de Justiça

Durante o 120° Encontro de Presidentes dos Tribunais de Justiça, na quinta-feira, 4, a presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, foi eleita para o cargo de secretária de Cultura do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Justiça.

Além da magistrada acreana, a nova direção do Conselho será constituída pelo desembargador José Laurindo de Souza Netto, do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), na função de presidente do Conselho; o desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), para a vice-presidência; e o desembargador Edson Ulisses de Melo do Tribunal de Justiça do Sergipe (TJSE), que atuará como secretário de Relacionamento Institucional.

O Conselho dos Tribunais de Justiça foi criado em 1992 com objetivo de fortalecer a independência da magistratura e defender os princípios, prerrogativas e funções institucionais do Poder Judiciário no país, e ainda fomentar a integração entre os tribunais, com o compartilhamento de experiências.

Com informações do TJPR

Desembargadora Waldirene Cordeiro sentada em uma mesa com a bandeira do Acre na frente
Emanuelly Silva Falqueto | Comunicação TJAC