TJAC e FIEAC articulam oferta de vagas de trabalho para socioeducandos

Os esforços das instituições são voltados à inserção do público atendido pelo programa no mercado de trabalho

Na última quinta-feira, dia 30, ocorreu reunião entre os representantes do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC) e Ministério Público do Acre para alinhar ações do programa Radioativo.

Participaram da reunião a desembargadora Regina Ferrari, coordenadora estadual da Infância e Juventude, a psicóloga da 1ª Vara da Infância e Juventude Kariny Gonçalves, o presidente da FIEAC José Adriano, o diretor Regional do SENAI/AC César Dotto, a diretoria de educação do SENAI Geane Reis e o promotor de Justiça Francisco Maia.

 

Várias empresas aderiram à proposta do programa, que tem o objetivo de promover a qualificação profissional. “Agora é hora de recuperar os dias perdidos, a aprendizagem é necessária para que possamos possibilitar o desenvolvimento dos nossos adolescentes que estão em situação de acolhimento ou de conflito com a lei”, reforça a desembargadora.

A psicóloga do TJAC enfatizou a importância da iniciativa para fomento de oportunidades e ressocialização.  “Estamos tentando captar recursos para a ampliação das atividades, com a adesão de novos parceiros e a inclusão de mais jovens”, disse Kariny. 

Miriane Teles | Comunicação TJAC