Evento do Programa de Preparação para Aposentadoria é encerrado

Iniciativa da Presidência busca acolher preparar, orientar e tirar dúvidas de servidores e magistrados em relação à aposentadoria com qualidade de vida; foram realizados quatro encontros para apresentar ação

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) realizou, na tarde desta terça-feira, 08, o evento de encerramento do programa de preparação para aposentadoria do Poder Judiciário do Estado do Acre.

O programa, pioneiro entre os Tribunais, foi lançado há exatas quatro semanas. Em todas elas, foram discutidos temas como “Aposentadoria e Envelhecimento: Revendo Tabus e Preconceitos, Relações Familiares e Papéis, Bem Estar Pessoal e Social”; “Direitos Previdenciários”; “Gerindo  Finanças e Empreendedorismo”.

Nesse último dia, foi realizado um Plantão Tira-Dúvidas Cejusc com o servidor Sean Campos (1° Juizado Especial Cível). A atividade ocorreu por meio de plataforma digital com a participação dos servidores, sob coordenação da gerente de qualidade de vida do TJAC, Milene Souza.

Acolher, orientar, refletir e discutir com o quadro pessoal sobre o processo de transição da fase de trabalho para a aposentadoria, um momento ainda desconhecido, desejado por muitos – e temido por alguns – foram os principais objetivos da presidência do TJAC, ao implementar o programa.

A videoconferência

O servidor Sean Campos falou sobre temas como a possibilidade de rever contratos abusivos, leoninos ou qualquer outra situação de hipossuficiência ou excesso que os servidores, porventura, estejam passando na fase pré-aposentadoria.

O facilitador também ressaltou o importante papel dos Cejuscs, os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania, na renegociação de contratos abusivos, bem como do Juizado Especial Federal, no julgamento de causas que envolvam a União.

De acordo com o serventuário, isso para garantir uma situação financeira sólida com a qual os servidores possam, por fim, desfrutar de boa qualidade de vida, viagens, depois de tantos anos de trabalho – e não de um amontoado de contas a pagar.

Assessoria | Comunicação TJAC