Escola do Poder Judiciário avança na disponibilização de aperfeiçoamento ao público

Vários cursos, extensões e capacitações estão abertos, alguns em andamento, outros com inscrições encerradas, porém com vagas remanescentes disponíveis

Com as atividades em home office, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Escola do Poder Judiciário (Esjud) também precisou se reinventar para continuar a disponibilizar cursos que aperfeiçoe o público da instituição. Embora a unidade já utilizasse os meios virtuais para algumas atividades, com o exercício completamente remoto em consequência do distanciamento social, esses canais foram ampliados para alcançar magistrados, magistradas, servidores e servidoras dos municípios mais longínquos do estado.

Vários cursos, extensões e capacitações estão abertos, alguns em andamento, outros com inscrições encerradas, porém com vagas remanescentes disponíveis (verifique abaixo sobre vagas remanescentes). São atividades para as mais diversas áreas que representam avanços significativos na busca por um Judiciário mais eficiente.

A diretora da Esjud, desembargadora Regina Ferrari, ressalta que a sociedade, em relação ao âmbito profissional, entrou em uma nova era. Para a desembargadora, que assumiu a direção da escola em fevereiro, foi difícil iniciar uma gestão sem contato físico com o público.

“É um desafio muito grande atuar na formação de magistrados e servidores, nosso público-alvo, em um contexto pandêmico. Temos trabalhado para aproximar as nossas ações dos profissionais que se encontram mais distantes, nas comarcas do interior do Estado, por meio das plataformas digitais. O itinerário formativo da Esjud é balizado pela inclusão, pelo acolhimento, daí utilizarmos o lema “Esjud com você”. Por isso, ampliamos a quantidade de cursos, não apenas no segmento jurídico, bem como nas diversas áreas do conhecimento, para que o máximo de pessoas tenha acesso aos saberes e amplie suas potencialidades. Temos buscado também inovações, a exemplo da Revista Jurídica da Esjud e do inédito Programa de Direitos Humanos”, finalizou a desembargadora.

A Escola do Poder Judiciário tem grande importância na vida do servidor. Por meio dela é possível melhorar a prestação dos serviços, não apenas na atividade fim do Judiciário, atuando também nas áreas meio do Poder Judiciário fazendo uma efetiva aproximação entre os serviços e áreas de atuação. 

A desembargadora enfatiza que as parcerias com os outros órgãos e com os demais tribunais têm sido fundamentais para a concretização das atividades. Ela também agradece a Presidência que não tem medido esforços em colaborar nas questões de aperfeiçoamento do público.

No último dia 26 de março, foi concluída a elaboração da capacitação ‘Projetos na Administração Pública’. Oferecida durante cinco dias seguidos, a atividade capacitou os profissionais da Justiça com conceitos básicos sobre projetos; estrutura técnica do projeto em si e a elaboração de projetos na Administração Pública.

Com as 30 vagas preenchidas, integraram o público-alvo prioritário diretores, gerentes, supervisores e servidores das diretorias de Logística e Regional, do Núcleo Permanente de Mediação e Conciliação (Nupmec), bem como das Coordenadorias e Comitês do Tribunal de Justiça Acreano.

“Simplesmente fantástico, eu que não tinha nenhuma experiência em elaboração de projetos, fui capaz de montar um, fiquei muito gratificada e será de grande valia”, disse a servidora Shelda Araújo, supervisora-administrativa da Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditec), ao explicitar a relevância do curso “Elaboração de Projetos na Administração Pública”.

“De antemão já agradeço à Esjud, na pessoa da desembargadora Regina Ferrari, bem como de sua equipe técnica, por esta grande oportunidade. Fazia tempo que não tinha uma atualização tão boa em gestão de projetos”, disse Josué Santos, titular da Gerência de Projetos do TJAC.

Veja os cursos na Esjud

Webinário “Memória e Esquecimento na Internet – Reflexões sobre Decisão Proferida no STF”, que acontecerá com o lançamento do Programa de Atualização Jurisprudencial Cível e Criminal, a realizar-se no dia 06 de abril de 2021, às 15h, pela plataforma on-line Google Meet. O evento será ministrado pelo advogado, Doutor Sérgio Branco. Saiba mais

Revista Jurídica da ESJUD está com espaço aberto para recebimento de artigos. Os interessados em terem seus artigos publicados, podem enviar o material exclusivamente por meio do endereço eletrônico revistaesjud@gmail.com. Os textos serão submetidos e avaliados pelo Conselho Editorial, que publicará o resultado das avaliações no site da ESJUD, no dia 10 de junho/2121.

Webinário: “Procurando minha família: o desafio da busca ativa”, que acontecerá no dia 07 de abril de 2021, das 15h às 17h, pela plataforma on-line Google Meet, tendo como facilitadora a juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul – TJMS, Dr.ª Katy Braun. Saiba mais

Curso sobre Marco Legal da Primeira Infância. O objetivo da capacitação é qualificar os integrantes do sistema de Justiça a interpretar e utilizar as normas que garantem o desenvolvimento integral de crianças de zero a 6 anos nos aspectos psicológico, social, legal e processual. O público-alvo compreende magistrados, promotores de Justiça, defensores públicos, advogados, delegados de Polícia, policiais civis e servidores públicos que atuam nas equipes psicossociais do Sistema de Justiça e Segurança Pública. A atividade acontecerá entre os dias 5 de abril e 10 de junho.

O curso Lei de Proteção de Dados Pessoais, com o facilitador Carlos Affonso, que será realizado no dia 15 de abril, está com as inscrições abertas. O público alvo é magistrados e servidores. Saiba mais.

As inscrições para o curso Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário estão abertas. Acesse o site da Esjud (https://apps.tjac.jus.br/sigen/publico/cursos.xhtml) e inscreva-se.

Veja os demais cursos no site da Esjud.

Assessoria | Comunicação TJAC