3º Arraial do TJAC é marcado pela alegria e integração das famílias do Judiciário

Edição proporcionou atividades de lazer, bem-estar e diversão para centenas de pessoas da Capital e do interior do Estado.  

A 3ª edição do Arraial do Tribunal de Justiça do Acre revelou, mais do que a alegria no rosto dos presentes, a satisfação de integrar a programação marcada pelo bem-estar e diversão. Centenas de pessoas das Comarcas de Rio Branco e do interior do Estado prestigiaram o evento, promovido na sexta-feira (4), durante pelo menos seis horas ininterruptas.

As palavras da desembargadora Waldirene Cordeiro, corregedora geral da Justiça, sintetizaram o sentido da atividade. “Participem, aproveitem bem esta belíssima festa. O principal objetivo é a integração das famílias do Judiciário, a união. Aqui podemos estabelecer o diálogo, a interação entre os profissionais, reafirmando os melhores valores de amizade e harmonia entre todos nós”, assinalou.

A desembargadora Denise Bonfim, presidente do TJAC, teve sua ausência justificada, em virtude de compromisso profissional fora do Estado. No entanto, apoiou a consecução do Arraial em todas as suas etapas, engajando toda a sua equipe.

Presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinspjac), Rangel Araújo ressaltou que a gestão do Tribunal demonstra que não está preocupada “apenas com o aspecto processual”. Segundo ele, “o ambiente de confraternização trará reflexo no melhor atendimento aos jurisdicionados”.

Também estiveram presentes o desembargador Roberto Barros, os juízes de Direito Olívia Ribeiro, Marcelo Badaró, Mirla Regina, Andréa Brito, Danniel Bomfim, Shirlei Hage, Maria Rosinete. Além de diretores, gerentes, assessores, secretários, servidores do Judiciário Estadual, familiares e amigos.

Com o slogan ‘Arraste o pé, e vem pra cá, que a festa vai começar’, a expectativa de público, organização e de qualidade foram superados, na visão de quem esteve no local.

“É muita energia, que contagia a todos nós, que nos tira da rotina do trabalho, e nos renova”, resumiu a juíza de Direito Maria Rosinete, que participa com ânimo todos os anos.

As atrações

Os participantes do 3º Arraial do TJAC contaram com a boa música, caíram no arrasta-pé e celebraram o tempo todo.

Momento significativo foi a apresentação do Coral do Judiciário. Conduzidos pelo maestro Israel Lira, os componentes vestidos a caráter, deram um show à parte, a um só tempo atuando como dançarinos e cantores.

O repertório incluiu músicas que exaltaram a cultura nordestina e proporcionou ao público momentos de lazer e reflexão, como o Xote das Meninas (Luiz Gonzaga e Zé Dantas) e Xote Ecológico (Luiz Gonzaga).

Uma das atrações mais aguardadas foi a quadrilha junina improvisada do Judiciário. A apresentação arrancou suspiros e aplausos do público.

Os bingos também propiciaram o lazer coletivo, com premiações diversas, como brindes, a tradicional galinha, vales-compra (em valores de R$ 200 a R$ 700), e até uma televisão.

Parcerias, realização e opções

Promovido pela Presidência do TJAC, por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas (Dipes), a festividade contou com parceiros importantes, como a Prefeitura de Rio Branco, com a Economia Solidária, a Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) e o Sinspjac.

Também atuaram na concepção e execução do projeto a Diretoria de Informação Institucional (Diins), junto com a Gerência de Comunicação (Gecom); a Diretoria Regional do Vale do Alto Acre (Drvac); a Secretaria de Relações Públicas e Cerimonial (Serep) e a Secretaria de Projetos Sociais (Sepso) – todas do Tribunal.

Tinha barraca de todo tipo, e havia muita culinária regional, da Economia Solidária, além de artesanato, plantas ornamentais, e o melhor da música junina, com a participação especial do Grupo Harmonia e do DJ Neves.

Foram disponibilizadas cinco barracas para unidades judiciárias e setores administrativos do Judiciário para poderem também comercializar produtos no evento.

Duas delas chamaram a atenção. A do “Cejusc’s – Barriga Cheia – Tudo Resolve” e a “Docinhos da Ascoi”.

Também houve uma atenção especial às crianças, que tiveram acesso a bastantes atividades de entretenimento e lazer, como brinquedos, pula-pula, e tobogã.

Novidade

Este ano a novidade ficou por conta do concurso do Rei e da Rainha do Milho, que premiou os servidores melhor caracterizados.

Tanto candidatos crianças quanto adultos desfilaram para a votação da plateia, que com gritos e aplausos, decidiam pelos melhores da noite.

Gaby e Arthur na categoria crianças; a servidora aposentada Osmira Albuquerque (de Sena Madureira) e Hudson Magalhães, de Rio Branco (empatados como Rei do Milho); e Dayse Ramalho, também da Capital (como Rainha do Milho), foram os grandes vencedores do concurso.

A opinião de quem esteve lá

A senhora Miramar Pinheiro, de 70 anos, é exemplo de disposição e vitalidade. “Isso é aqui é excelente para as famílias, venho todo ano. O Tribunal está de parabéns, gosto de tudo, principalmente dos bingos e da quadrilha”, disse. Ela veio junto com a filha, que é servidora, lotada na Diretoria de Logística (Dilog).

Acadêmico do sétimo período do curso de Direito de uma faculdade de Rio Branco, o estudante Felipe Rocha, agradeceu pela oportunidade de integrar da festividade.

“Soubemos dessa possibilidade de montar uma barraca, e fizemos esta parceria com a Gerência de Apoio às Sessões (Geses) do Tribunal. Penso que é um evento cultural riquíssimo e, ao mesmo tempo, um apoio para os futuros profissionais, pois estamos arrecadando para nossa formatura”, afirmou.

A senhora Itelvina Oliveira, que comercializava produtos derivados do milho, era uma das vendedoras mais animadas. “Estou muito feliz de estar aqui, é um ganho a mais para todos nós, estamos com mais barracas, e mais opções neste ano. E nos dá a chance de mostrar nosso trabalho. Dá até para se divertir também”, frisou.

Os registros fotográficos

Os registros fotográficos de toda a programação podem ser acessados por meio da galeria disponibiliza pela ferramenta Flickr (é só  clicar).

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 07/08/2017