TJAC inicia tratativas para contratação de jovens com Down para área administrativa

Medida faz parte das ações de inclusão social do Poder Judiciário Acreano.

Às vésperas de ser comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down, em 21 de março, o presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, iniciou tratativas para contratação de jovens com down para a área administrativa do Poder Judiciário Acreano.

O desembargador-presidente se reuniu com a representante do Centro Dom Bosco, Débora Santos, nesta terça-feira, 19, para avaliar a possibilidade e ficou acordado que, já nesta semana, será iniciado o processo de contratação. A medida faz parte das ações de inclusão social do TJAC.

“Nesse primeiro momento, a conversa foi para debater o perfil deles com as atividades a serem exercidas. O TJAC apoia a inclusão e queremos mostrar para a sociedade de que todos têm direitos iguais e podem crescer num ambiente que beneficie a todos”, disse o desembargador-presidente.

Na reunião, participaram ainda a juíza-auxiliar da Presidência, Andrea Brito, o diretor de Gestão Estratégica, Euclides Bastos, e a diretora de Gestão de Pessoas, Ana Poersch.

Ficará a cargo do Centro Dom Bosco selecionar os jovens com o perfil que se enquadre nas atividades que eles executarão.

Síndrome de Down

A síndrome de down não é doença, mas uma alteração genética causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. Apesar de limitar algumas atividades, as pessoas com essa condição podem e devem seguir trajetórias acadêmica e profissional.

 

Postado em: Galeria, Notícias | Tags: