Tribunal de Justiça e Sinjac lançam nesta quinta (10) o livro “Tão Acre II”

O Presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Desembargador Pedro Ranzi, e o Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Acre (Sinjac), Jornalista Marcos Vicentti, convidam para o lançamento do livro “Tão Acre – O humor acreano de todos os tempos II”, que acontece às 19h desta quinta-feira (10), na filmoteca da Biblioteca Pública de Rio Branco.

A impressão desta obra inédita do jornalista acreano José Chalub Leite é objeto do Termo de Cooperação Técnica nº 08/2009, celebrado entre o TJAC e o Sinjac em novembro deste ano. Deixada inacabada pelo autor, a obra foi concluída por sua família. São quase 800 páginas de artigos, crônicas e outros escritos produzidos por Chalub Leite tendo o Acre como pano de fundo.

O lançamento do livro integra a programação da Semana da Comunicação do Acre, cujo encerramento acontece no sábado (12), com a entrega do Prêmio José Chalub Leite. Este ano o Sindicato dos Jornalistas do Acre comemora 10 anos do evento, que é o maior da Região Norte e o segundo do Brasil em valores de premiação.

"É uma honra para o Tribunal de Justiça viabilizar a edição desta obra. O José Chalub Leite ou simplesmente Zé Leite, como era carinhosamente chamado, era uma pessoa e um profissional muito especial para todos nós. Sua obra merece ser registrada e divulgada", ressaltou o Presidente Pedro Ranzi ao comandar o serviço de impressão no Parque Gráfico do TJAC.

Parque Gráfico do Judiciário

Um dos maiores patrimônios do Tribunal de Justiça é o seu Parque Gráfico, unidade responsável pela produção e impressão do Diário da Justiça do Acre, capas de processo, livros e revistas de jurisprudência, além de informativos e todo o material institucional do Poder Judiciário. Além disso, outro importante serviço realizado pela Gráfica é o de encadernação e restauração de livros, de fundamental importância para a conservação do acervo bibliográfico do Judiciário.

A Gráfica do TJAC foi instituída em 1994, durante a gestão do Desembargador Eliezer Scherrer, que conseguiu que as máquinas pertencentes ao antigo Serviço de Divulgação do Estado do Acre (SERDA) e parte da equipe de servidores do órgão fossem cedidos ao Tribunal. Desde então, a unidade foi sendo ampliada, recebeu novo maquinário e diversificou seus serviços, e a partir de abril de 2008, durante a gestão da Desembargadora Izaura Maia, passou a atuar como Parque Gráfico.

“Vim para o Poder Judiciário em 1992, cedido pelo Governo do Estado, após o fechamento do Serviço de Divulgação do Acre (SERDA). Acompanhei a produção de mais de 4,4 mil edições do Diário da Justiça, o que corresponde a mais de 21 milhões de impressos. Vivenciei muitas histórias interessantes dentro do Tribunal, histórias de uma época em que a tecnologia ainda era escassa”, relata Áidono Belmonte de Lima, Coordenador do Parque Gráfico, servidor público à disposição do Poder Judiciário há 16 anos.

Em média, a Gráfica do Tribunal produz 100 mil impressões por mês. Nas últimas duas semanas, sua equipe de servidores está dedicada quase que exclusivamente à impressão do livro “Tão Acre”. Confira, a seguir, as etapas do trabalho.

1ª Etapa – Montagem e gravação do fotolito em chapas de alumínio, peças que são encaminhadas para a máquina de impressão

2ª Etapa – Impressão do material

3ª Etapa – Encadernação

Leia mais:

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 09/12/2009