Eva Evangelista destaca importância social da regularização fundiária

 A Corregedora Geral da Justiça, desembargadora Eva Evangelista assinou, no início do mês, em conjunto com o prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, o Procurador Geral de Justiça Edmar Monteiro Filho e a Procuradora Geral do Estado, Nazareth Lambert, portaria conjunta de criação do Grupo de Trabalho que vai realizar estudo destinado a elaborar “regramento unificado com a finalidade de possibilitar a regularização fundiária urbana no município de Rio Branco”, onde há grande incidência de loteamentos irregulares e clandestinos.

Na sexta-feira, dia seis de julho, Eva Evangelista participou da instalação do Grupo de Trabalho na Vara de Registros Públicos da capital e agradeceu a participação da procuradoria do município e do Estado no trabalho que, segundo ela, tem por objetivo regularizar os loteamentos urbanos de Rio Branco de forma a garantir aos seus proprietários, o título da terra devidamente regularizando e dentro da norma legal, já que há vários casos identificados pela prefeitura de loteamentos irregulares e clandestinos, destacando ainda sua grande importância social para os moradores dos diversos bairros e loteamentos da Capital.

Também na sexta-feira, dia seis, a desembargadora Eva Evangelista fez uma visita de cortesia ao 2º. Juizado Criminal. Lá conversou demoradamente com o juiz Afonso Braña, sobre o trabalho que vem sendo realizado no Juizado, independente das ações da Correição Ordinária e as ações implementadas para garantir um melhor funcionamento da unidade judiciária.

(Assessoria da COGER)

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 11/07/2007