Escola do Poder Judiciário inaugura Galeria de Diretores


Com a missão de qualificar servidores e magistrados, buscando o aprimoramento na prestação jurisdicional Esjud consolida a importância  de sua atuação

Oito desembargadores já estiveram à frente da gestão da Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud), que tem como principal missão, promover a qualificação dos magistrados e servidores, visando o aprimoramento na prestação jurisdicional, e os preparando, formando e capacitando na busca por uma jurisdição célere, humanística, justa, segura e efetiva. 

Nesta terça-feira, 2, o presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, e o diretor da Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud), desembargador Roberto Barros, participaram da entrega da instalação da Galeria de Diretores da instituição, acompanhados das desembargadora Eva Evangelista e Regina Ferrari. 

Assim como nas Comarcas de outros municípios, em que o presidente fez a entrega da Galeria de Juízes, a proposta da Galeria de Diretores da Esjud é enfatizar e reforçar essa parte da história do Poder Judiciário do Acre, sendo um espaço de memória.. 

O ato foi restrito, atendendo os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS), devido a pandemia da covid-19. Este foi o último ato presencial antes do Comitê de Retomada das Atividades Presenciais do Judiciário (CORAP), definir novas normas em relação as atividade do Poder Judiciário.

“Nós somos passageiros, e nesta passagem que fazemos nesses desafios, deixamos nossa digital por meio do trabalho feito junto aos servidores e magistrados. O desembargador Roberto fez um excelente trabalho à frente da Esjud junto a sua equipe, atuando com dedicação e compromisso. É uma honra estar aqui hoje, presenciando este momento ao lado da nossa decana, desembargadora Eva, que foi diretora da escola durante cinco biênios, e também da desembargadora Regina, que logo estará a frente dessa missão”, ressaltou. 

O presidente também fez questão de enfatizar e agradecer aos servidores do Poder Judiciário do Acre, pelo trabalho realizado durante sua gestão. “Sempre digo que o mais valoroso do Judiciário do Acre são seus servidores, que se dedicam ao fazerem seu trabalho com compromisso e zelo”.

Preste a se despedir da escola depois de quatro anos de gestão, o diretor, desembargador Roberto Barros, disse que conclui a missão desse biênio com muita honra pelo que foi realizado. 

“Concluir esse biênio com essa galeria é um tributo da diretoria da Escola, da administração do Tribunal, pelos que aqui passaram. Eu agradeço muito ao presidente, desembargador Djalma por todo apoio que tivemos para trabalhar e, inclusive, ele também já passou por aqui como diretor”, disse.

O desembargador Roberto também agradeceu a presença da decana da Corte, desembargadora Eva, assim como da desembargadora Regina Ferrari, que assumirá a missão de diretora da escola a partir deste mês. Ele finalizou fazendo um agradecimento especial aos servidores da Esjud que o acompanharam no desafio.

Diretora da Escola por cinco biênios, a desembargadora Eva Evangelista comentou sua satisfação ao ver essa parte da história do Judiciário  registrada em um espaço de memória.  “Estou muito feliz com esse momento. Esta galeria representa a homenagem do Tribunal de Justiça do Acre, por todos que colaboraram com sua história. Agradeço a atenção que a Coordenador Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comsiv), teve por parte do desembargador Roberto e toda sua equipe. 

Conheça a história da Escola do Poder Judiciário do Acre

 

Assessoria | Comunicação TJAC