Presidente do TJAC entrega doações para vítimas de enchentes em Sena Madureira

Neste primeiro momento, foram entregues 56 toneladas de suprimentos que serão dividas entre os municípios de Sena Madureira e Tarauacá

As primeiras entregas de suprimentos arrecadados da campanha ‘SOS Acre’ ocorreram nesta quarta-feira, 24, para às famílias prejudicadas pela enchente, no município de Sena Madureira. As entregas foram feitas pela presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, e a procuradora-geral da Justiça, Kátia Rejane, com apoio da Defesa Civil local.

A campanha, idealizada pelo Ministério Público do Acre (MPAC), em parceria com o TJAC, ganhou a adesão de alguns artistas, digital influencers locais e nacionais possibilitando arrecadação em dinheiro que contribuiu para compras de materiais de produtos alimentícios, higiene e limpeza. Neste primeiro momento, foram entregues 56 toneladas de suprimentos que serão dividas entre os municípios de Sena Madureira e Tarauacá.

“O TJAC e MPAC se fazem presentes neste momento tão difícil aos moradores. Agradecemos aos nossos apoiadores que contribuíram e continuam contribuindo. Muitos ribeirinhos perderam toda a lavoura. Os rios começaram a baixar, mas muitas famílias ainda enfrentam dificuldades, mas com apoio de todos, venceremos mais esse momento”, disse a desembargadora-presidente do TJAC, Waldirene Cordeiro.

A comitiva também visitou o abrigo montado na Escola Messias Rodrigues onde estão 149 pessoas alojadas na quadra esportiva.

A procuradora-geral da Justiça, Kátia Rejane, enfatizou que o Brasil está dando exemplo de solidariedade. “Viemos entregar parte das doações e percorremos algumas áreas. Muitas pessoas continuam ilhadas. Levamos palavra de conforme e alimentos que elas tanto precisam”, disse. 

A entrega foi acompanhada também pela juíza-auxiliar da Presidência, Andrea Brito, e promotores do município.

SOS Acre

O estado do Acre tem ganhado atenção nacional devido a uma série de crises simultâneas: o agravamento da pandemia do coronavírus, o surto de dengue, crise migratória e enchente. Pelo menos dez cidades estão tomadas pelas águas.

A campanha ganhou a adesão de alguns artistas, digital influencers locais e nacionais, além do apoio do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª região (Rondônia e Acre), Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 14ª Região (Amatra14), o Sindicato dos Servidores da Justiça do Trabalho de Rondônia e Acre (Sinsjustra), Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra). O Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG) também manifestou apoio à iniciativa, que é coordenada pelo Grupo Especial de Apoio e Atuação para Prevenção e Resposta a Situações de Emergência ou Estado de Calamidade Devido à Ocorrência de Desastres (GPRD) do MPAC.

Doações

As doações para a campanha podem ser feitas em dinheiro por transferência ou depósito bancário (Ag.: 2359-0 / Conta Corrente: 14.300-6), ou (PIX: 63.589.899/0001-40).

Em Rio Branco e no interior, o MPAC está recebendo alimentos, água potável, roupas e material de limpeza. O Tribunal de Justiça do Acre também está mobilizando campanha de arrecadação de doações entre servidores e magistrados. 


Fotos: Elisson Magalhães e Tiago Teles

Assessoria | Comunicação TJAC