Tribunal de Justiça do Acre realiza entrevista coletiva para lançamento do “Quintas do Araken”

Quem conversa com o Desembargador aposentado Jorge Araken nem desconfia de que ele já tenha 74 anos de idade. A jovialidade está presente desde sua fala vibrante até sua memória prodigiosa. Ele consegue discorrer, com a mesma facilidade, de fatos que aconteceram em 1913 – quando Rio Branco tornou-se município -, e a morte do terrorista Osama bin Laden, ocorrida há poucos dias.

Ao lado do Desembargador-Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Adair Longuini, e do Desembargador Arquilau Melo, Corregedor-Geral da Justiça, ele recebeu a imprensa nesta terça-feira (03) para falar sobre o Projeto "Quintas do Araken".

Adair Longuini destacou o caráter da iniciativa do TJAC, que já começa na próxima quinta-feira (05), a partir das 16h, no Plenário do Palácio da Justiça, no Centro da Capital.

“É uma forma de demonstrar reconhecimento ao Desembargador Jorge Araken pelo homem público, magistrado e professor que foi, pelo advogado que é. Pelas suas lições, conhecido como verdadeiro mestre na UFAC e sua contribuição não apenas ao Judiciário, como também à sociedade acreana. Além disso, o projeto trará mais ânimo aos nossos jovens, estimulando-os ao estudo, já que poderão desfrutar de seus conhecimentos jurídicos, sua bagagem cultural, experiência de vida e sabedoria por meio das palestras que serão ministradas”, afirmou.

Ao explicar a proposta, ressaltando que se trata de curso de atualização jurídica com aulas temáticas gratuitas, o Desembargador Arquilau Melo assinalou que o “Quintas do Araken” possui uma dupla finalidade. “Agradecemos a todos quantos divulgarem esse projeto social e educacional. Trata-se de uma forma de reavivar ao mesmo tempo duas instituições: o Palácio da Justiça e o próprio Desembargador Jorge Araken, responsável pela formação de tantas pessoas, inclusive boa parte dos magistrados, e com conhecimento tão profundo na área jurídica e na história do Acre. Esperamos que esse projeto fique marcado no calendário de atividades culturais de nosso Estado”, disse.

O Desembargador Jorge Araken enalteceu o projeto, disse que se sente entusiasmado e que, no que depender dele, será um sucesso. “Estou muito feliz e animado e já percebo, antes mesmo de começar, ótima receptividade a essa idéia. Vou me doar ao máximo e, com afinco, debater temas sobre sociedade, justiça e direito, que nos conduzam à reflexão. Sinto que o “Quintas do Araken” será promissor, sobretudo pelo objetivo e pela possibilidade de interagir com o público”, explicou.

Na aula inaugural, que acontecerá na próxima quinta-feira (05), Jorge Araken vai discorrer sobre o Habeas Corpus, uma das garantias constitucionais fundamentais. Já nos encontros seguintes estão programados temas como “Mandado de Segurança”, “As Funções Essenciais à Justiça”, “Ação Popular” e “Democracia e as Consultas Populares: Referendo e Plebiscito”.

Os encontros acontecerão quinzenalmente sempre às quintas-feiras, a partir das 16h, no Plenário do Palácio da Justiça.

Para mais informações e inscrições, os interessados devem ligar para os telefones (68) 3211-5560 (Secretaria do Palácio da Justiça) ou 3302-0318 (Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial), ou ainda escrever para o e-mail quintasdoaraken@tjac.jus.br.

 

Leia mais:

 

 

Postado em: Rádio Justiça | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/05/2011