Vencedores do concurso de decoração natalina sustentável são homenageados

Presidente Francisco Djalma fez entrega de certificados aos vencedores do concurso. Atividade fará parte do planejamento no próximo ano.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, fez a entrega, nesta quinta-feira, 19, dos certificados aos vencedores do concurso de decoração natalina sustentável, uma atividade interna do Poder Judiciário Acreano para incentivar as boas práticas ambientais.

A iniciativa foi proposta pelo Núcleo Socioambiental Permanente (Nusap) do TJAC que mobilizou os setores da capital e as unidades do interior para decorarem o ambiente reutilizando materiais.

A divulgação das unidades ganhadoras do concurso ocorreu no dia 16. Foram analisados quesitos como criatividade, reciclagem, composição dos materiais utilizados, estética, entre vários outros.

A vencedora do concurso foi a Comarca de Manoel Urbano, seguida da Gerência de Normas (Genor) e da Escola do Poder Judiciário (Esjud). A Comarca de Manoel Urbano, distante 215 km de Rio Branco, recebeu uma cesta de café da manhã no dia seguinte e o certificado. Já a os representantes da Genor e Esjud foram certificados pelo presidente.

“É uma ação muito importante para o Poder Judiciário Acreano as causas ambientais. Vimos que os magistrados e servidores se empenharam nas criações e, com certeza, essa ação fará parte do nosso próximo planejamento”, disse o desembargador-presidente.

O diretor da Esjud, desembargador Roberto Barros, parabenizou o Nusap pela iniciativa e disse que a atividade vai a encontro dos novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A gerente da Genor, Giuliana Evangelista, agradeceu pelo reconhecimento e dedicou a premiação à equipe que se empenhou na decoração.

Algumas unidades que participaram do concurso, mas não foram contempladas, doaram a decoração aos menos favorecidos, que foi o caso da Vara de Execução Penal e Medidas Alternativas (VEPMA).

Como premiação, os servidores da Comarca de Manoel Urbano, da Genor e da Esjud receberam cestas de café da manhã para confraternizarem com os colegas de trabalho.

Decoração Manoel Urbano

Na unidade vencedora, Comarca de Manoel Urbano, os arranjos incluíram belas guirlandas confeccionadas com vários tipos de materiais descartáveis – de CD´s usados a copos e garrafas descartadas. Além disso, também foram feitas árvores de Natal de garrafas pet e latas de alumínio, entre outros materiais. Coroando todo o trabalho, uma grande árvore natalina de pneus velhos, bolas de latas e tampinhas e pintada com tinta de restos de EVA foi erguida em frente ao Fórum Celso Secundino Lemos, sede do Poder Judiciário local, representando o compromisso socioambiental do TJAC.

Decoração Genor

Em segundo lugar, ficou a Gerência de Normas (Genor), que apresentou uma árvore de natal em pallet de madeira, adornada com materiais reciclados, como bolas de papelão e estrelas de jornal.

A Genor também apresentou, entre outras decorações sustentáveis, uma guirlanda feita de cápsulas de café expresso.

Decoração Esjud

Já em terceiro lugar ficou a decoração da Escola do Poder Judiciário (Esjud) com uma árvore de Natal de CD´s usados e guirlandas e pequenas árvores natalinas produzidas com folhas de revistas e cartazes, além de rolos internos de papel higiênico.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 19/12/2019