Vara de Sucessões: assistência psicológica trabalha motivação de servidores

O Juiz Luis Camolez decidiu que realizará mensalmente o trabalho de motivação com os servidores da Vara de Órfãos e Sucessões da Comarca de Rio Branco, da qual é Titular. Ele tem como base, segundo a escrivã Francineide Nunes, os bons resultados obtidos na semana passada, quando um psicólogo trabalhou a auto-estima dos funcionários coletiva e individualmente.

Para promover a motivação dos servidores o Juiz recorreu à psicóloga Rutilena Roque, que atua na Vara da Infância e da Juventude. Foram dois dias dedicados a conversas individuais, com objetivo de identificar, entre outras, questões emocionais. "O psicólogo verifica as habilidades de cada um e indica onde melhor aproveitar cada servidor", disse a escrivã.

No dia 29 de maio, a reunião foi coletiva. Os servidores puderam falar diante dos demais colegas. Alguns deles ficaram mais receptivos às críticas e outros passaram a opinar mais sobre como desenvolver melhor os trabalhos dentro da unidade, inclusive algumas críticas foram feitas.

Diante do resultado considerado positivo, o Juiz Camolez decidiu pela realização mensal do encontro. Ele deverá desenvolver, também, em breve, um projeto mais elaborado que deverá ser levado à Direção do Tribunal de Justiça como sugestão para que os encontros realizados na Vara de Órfãos e Sucessões possam se expandir por todas as demais unidades que integram o Poder Judiciário no Acre.

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/06/2009