Unidades do Judiciário terão vigilância eletrônica monitorada

A Direção do Tribunal de Justiça do Acre informou, nesta quarta-feira, 13, que a segurança dos prédios onde funcionam as unidades judiciais das comarcas da Capital e do interior do Estado passará a ser feita por meio de vigilância eletrônica monitorada.

Com o objetivo de implantar o novo sistema, a atual administração do Tribunal deflagrou processo de licitação para a contratação de uma empresa especializada, cuja abertura das propostas ocorrerá no dia 21 deste mês.

De acordo com o Diretor-Geral do TJAC, Carlos Afonso Andrade, o novo sistema vai garantir a segurança dos prédios onde funcionam as unidades judiciais e evitar a ocorrência de assaltos.

No último final de semana, a sala de armas do Fórum Juiz de Direito João Oliveira de Paiva, da Comarca de Acrelândia, foi invadida por desconhecidos que levaram dois rifles e uma faca, objetos integrantes de processos em trâmite.

De acordo com a Secretária da Diretoria do Fórum, Eliane Alves, no início do ano a Direção do TJAC já havia providenciado a instalação de grades e a execução de serviços de melhoria na rede de iluminação do Fórum, o que não impediu a ação dos invasores.

No momento da invasão apenas essas três armas se encontravam no local. A servidora informou, também, que a Diretoria do Fórum está fazendo um levantamento dos demais objetos levados pelos invasores e que a polícia já está promovendo uma investigação para elucidar os fatos.

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 13/05/2009