Tribunal Pleno Administrativo julga processos de promoção de Juízes

O Tribunal Pleno Administrativo julgou três processos de titularização de unidades judiciárias, durante sessão ocorrida na quarta-feira (06).

Ao conduzir a abertura dos trabalhos, o Presidente do TJAC, Desembargador Adair Longuini, comungou com os demais membros que compõem a Corte de Justiça Acreana da homenagem recebida pelo Judiciário Acreano do Conselho Nacional de Justiça (CNJ):

“Quero compartilhar com os eminentes pares este certificado que recebemos em Brasília, o qual nos coloca entre os tribunais estaduais do Brasil que mais se destacaram no cumprimento das Metas do Judiciário estabelecidas para o ano de 2010”, destacou.

O Desembargador-Presidente ressaltou que o sucesso alcançado só foi possível graças ao esforço conjunto de magistrados e servidores e a nomeação dos novos juízes – que se empenharam para alcançar os resultados obtidos.

O resultado final foi divulgado na quinta-feira, 31 de março, pelo CNJ, em evento realizado no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Na mesma sessão, foi apreciado o processo administrativo nº 0501081-74.2010.8.01.0000, que versava sobre a titularização da 2ª Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul. Nesse sentido, a Corte de Justiça decidiu à unanimidade promover, pelo critério de antiguidade, o Juiz de Direito Substituto Clóvis de Souza Lodi como o titular da unidade judiciária.

Os desembargadores também julgaram o processo administrativo nº 0501082-59.2010.8.01.0000, acerca da titularidade 2ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul.

Como nesse caso o critério de promoção era o de merecimento, o Tribunal Pleno Administrativo, por unanimidade, indicou inicialmente para compor a lista tríplice os Juízes Substitutos Andréa da Silva Brito, Zenice Mota Cardozo e Francisco das Chagas Vilela Júnior.

Assim, decidiu-se, por maioria, indicar a Juíza de Direito Substituta Andréa da Silva Brito para ser titularizada na 2ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul.

Por fim, o Pleno apreciou o processo administrativo nº 0501088-66.2010.8.01.0000, decidindo promover por unanimidade, e pelo critério de antiguidade, o Juiz de Direito Substituto Gilberto Matos de Araújo como titular da Vara Cível da Comarca de Plácido de Castro.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 08/04/2011