Tribunal Pleno Administrativo do TJAC elege Cezarinete Angelim e Regina Ferrari para compor o TRE-AC

Atualmente a Corte Eleitoral do Acre, na classe desembargador é composta por Roberto Barros (presidente) e Waldirene Cordeiro vice-presidente e corregedora.

O Tribunal Pleno Administrativo do Poder Judiciário Acreano elegeu, durante a 20ª sessão extraordinária, realizada na manhã desta quarta-feira (14), por votação unânime, os dois membros da Corte para compor a classe de desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC) nos próximos dois anos. Ausentes apenas os desembargadores Eva Evangelista (Decana da Corte de Justiça) e Júnior Alberto, mas por deliberação dos presentes, de maneira inédita, seus votos, manifestados por meio eletrônico, foram lidos e computados durante a votação.

pleno_sessao_14_dez_16

Inicialmente a pauta previa apenas a votação para o preenchimento de uma vaga, atualmente ocupada pela desembargadora Waldirene Cordeiro, eleita na sessão anterior para compor a Nova Administração do Tribunal de Justiça para o biênio 2017/2019, na função de Corregedora Geral de Justiça. Todavia, por preposição da desembargadora Denise Bonfim, os demais membros, acataram o pedido para eleger também o ocupante da vaga do desembargador Roberto Barros.

A primeira vaga a ser discutida foi a da desembargadora Waldirene Cordeiro, cujo biênio se encerra em 5 de fevereiro de 2017, sendo eleita a desembargadora Cezarinete Angelim (atual presidente do TJAC), à unanimidade, para ocupa-la. A desembargadora Regina Ferrari (Corregedora Geral de Justiça da atual gestão), também à unanimidade, foi escolhida para a segunda vaga, que será preenchida ao término do biênio do desembargador Roberto Barros, em 30 de julho de 2017.

Concluída a votação, a desembargadora-presidente Cezarinete Angelim, agradeceu a confiança depositada pelos membros da Corte, e disse que pretende trabalhar para ampliar os avanços já alcançados, principalmente no tocante a formação de eleitores conscientes, por meio de programas e projetos voltados à criança cidadã.

“Nossa expectativa de trabalho é de ampliar as ações do Tribunal Regional Eleitoral, levando às crianças a convicção de que é cidadão e da importância de votar. Nós pretendemos trabalhar muito para ter a nossa Corte como uma das melhores do Brasil”, destacou.

A desembargadora Regina Ferrari, da mesma forma, agradeceu aos colegas, e disse estar consciente de que a Corte Eleitoral estará em boas mãos, se comprometendo em exercer sua função de maneira célere e eficiente.

Na atualidade, a Corte Eleitoral do Acre, na classe de desembargador, é composta pelo desembargador Roberto Barros, na qualidade de presidente; pela desembargadora Waldirene Cordeiro, vice-presidente e corregedora; e pelos desembargadores Laudivon Nogueira e Júnior Alberto, ambos membros substitutos.

Tribunal Pleno Administrativo

Composto por todos os membros do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, o Tribunal Pleno funciona com a presença de pelo menos seis Desembargadores, incluído o Presidente.

Estiveram em plenário na sessão de hoje, última antes do início do recesso forense, os desembargadores Cezarinete Angelim (presidente); Samoel Evangelista; Pedro Ranzi; Roberto Barros; Denise Bonfim; Francisco Djalma; Waldirene Cordeiro; Regina Ferrari; e Laudivon Nogueira. Permanecendo vago ainda o assento da desembargadora Maria Penha, em virtude da sua aposentadoria voluntária.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 14/12/2016