Tribunal de Justiça promove “Tira Dúvidas” para orientar servidores sobre migração da folha de pagamento para CEF

A partir do dia 12 de dezembro estarão em funcionamentos os Postos de Atendimento Transitório (PAT’s) na Esjud e no Fórum Barão do Rio Branco.

 A Caixa Econômica Federal (CEF) disponibiliza nestas terça, quarta e sexta-feira (6, 7 e 9) atendimentos personalizados do tipo “Tira Dúvidas” aos servidores do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) com o objetivo de esclarecer questionamentos dos serventuários acerca do processo de transferência dos serviços da folha de pagamento para a instituição bancária.

Em Rio Branco, o serviço de apoio acontece na Sala 1 da Escola do Poder Judiciário (Esjud – anexa ao prédio sede), no horário das 9 às 10 horas, com a participação da gerente regional pessoa física, Janielli de Oliveira; da gerente do nicho exclusivo Ana Ferreira; bem como do gerente geral da agência Imperador Galvez, Manoel Santiago. A mesma programação acontece simultaneamente no auditório da Cidade da Justiça, na Comarca de Cruzeiro do Sul; e nas demais comarcas, nas agências da Caixa.

Nesta terça-feira (6), foram apresentadas a agência Imperador Galvez (da qual serão correntistas, na modalidade conta-salário, os servidores do TJAC lotados em Rio Branco); além da estrutura física disponibilizada aos clientes CEF, a qual inclui quatro agências e quatro Postos de Atendimento Bancário (PAB) na Capital, além de unidades de atendimento em todos os municípios acreanos com possibilidade de utilização de caixas automáticos, casas lotéricas e Banco 24 Horas.

De maneira exclusiva, os serventuários da Justiça também terão à sua disposição dois Postos de Atendimento Transitório (PAT´s), localizados no prédio sede do TJAC, no Fórum Barão do Rio Branco e na Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul, os quais funcionarão das 9 às 15 horas, a partir do próximo dia 12 de dezembro.

Também foram apresentadas aos servidores algumas das principais vantagens oferecidas pela CEF, tais como: cesta de serviços com isenção por 12 meses (com possibilidade de desconto após o período); cartão de crédito com isenção de 100% da primeira anuidade; taxa de juros tipo ‘A’ (a menor dentre todas as oferecidas pela instituição bancária, reservada aos próprios servidores da Caixa) aplicável a empréstimos na modalidade CDC e financiamentos de veículos e imóveis; dentre várias outras.

“Em momentos como esse surgem muitas dúvidas, questionamentos. Esses encontros servem para dirimir essas incertezas e exemplificar o processo; mostrar que, na prática, não há qualquer dificuldade ou obstáculo para os servidores”, explicou a gerente de relacionamento pessoa física da CEF.

O atendimento “Tira Dúvidas” será realizado novamente amanhã (7), e na sexta-feira (9), sempre a partir das 9 horas, na sede da Esjud. Em Cruzeiro do Sul ocorre no auditório da Cidade da Justiça.

Principais dúvidas

  • Meu salário agora será obrigatoriamente pago por meio da CEF?

Sim. A partir de janeiro de 2016 a instituição bancária passará a prestar, de maneira exclusiva, os serviços de pagamento da folha de pessoal do TJAC.

  • Sou obrigado a trabalhar com a Caixa?

Não. Os clientes que desejarem receber seus salários por outros bancos, poderão solicitar a portabilidade a partir de fevereiro diretamente na agência da caixa.

  • Tenho dívida com a Caixa. O banco vai ficar com meu salário?

Não. A CEF não aprovisionará valores dos correntistas. Por outro lado, o banco disponibilizará aos servidores do TJAC as melhores taxas de juros para que possam regularizar suas situações e continuar gozando dos benefícios e créditos Caixa.

Postos de Atendimento Temporários (PAT´s)

O cronograma de ações visando o cumprimento do contrato prevê a instalação de Postos de Atendimentos Temporários (PAT’s) na Escola do Poder Judiciário, anexa a Sede Administrativa do TJAC, e no Fórum Barão do Rio Branco. Os servidores deverão procurar os PAT’s a partir do dia 12 de dezembro para esclarecimento de todos os procedimentos necessários à abertura das contas para aqueles que ainda não dispõem dos serviços.

A orientação da Dipes é que todos os servidores devem comparecer independentemente de optarem ou não por utilizar os serviços da nova instituição financeira contratada. Para facilitar o atendimento, ao procurarem os PAT’s os servidores devem estar munidos de documentos pessoais e comprovantes de endereço e rendimento.

Nas comarcas do interior que dispõem de agências bancárias da Caixa, os atendimentos serão realizados nesses locais. Já nos municípios que dispõem apenas de correspondentes bancários, a equipe da Caixa Econômica montará um cronograma de atendimento diferenciado.

Servidores pensionistas e aposentados que morem fora do Estado devem entrar em contato com a Dipes por meio do telefone (68) 3302-0378 ou do e-mail dipes@tjac.jus.br.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 07/12/2016