Tribunal de Justiça e Sindicato dos Servidores avançam em proposta de auxílio-alimentação

O Tribunal de Justiça Acreano e o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Acre (Sinspjac) se reuniram mais uma vez na tarde desta terça-feira (28) para tratar sobre o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR).

O tema principal em pauta foi o auxílio-alimentação, que irá alcançar todos os serventuários da instituição, sejam efetivos ou os que ocupam cargos em comissão.

Na semana passada, o desembargador-presidente Roberto Barros já havia convidado o Sindicato para o anúncio oficial de que pretende antecipar em 18 meses o benefício previsto no PCCR.

O encontro desta terça-feira reservou como novidade uma contraproposta feita pela categoria, após Assembleia Geral realizada nessa segunda-feira (27) com os servidores para discutir detalhes da proposta inicial.

A diretora de Gestão de Pessoas, Alessandra Brasil, e o assessor-chefe jurídico, Kelmy de Araújo, também participaram da reunião – além do presidente do Sinspjac, Leuson Rangel.

 

Durante as tratativas, tanto a atual gestão do Tribunal quanto o Sindicato concordaram que por meio do diálogo é possível construir um caminho que garanta a efetivação da medida administrativa.

De acordo com o presidente Roberto Barros, a contraproposta apresentada pela categoria será discutida a partir de agora com as equipes de trabalho (gestão de pessoas, finanças e jurídica) e, não menos importante, com os membros da atual administração e demais desembargadores que integram a Corte de Justiça Acreana.

Após essa etapa, uma nova reunião deverá selar a proposta oficial do auxílio-alimentação, que resulta em um reconhecimento e valorização dos bons serviços prestados pelos servidores.

Além de gratificações, o PCCR prevê a longo prazo melhorias referentes à carreira, capacitação e saúde dos servidores.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 04/06/2015