Tribunal de Justiça e Sindicato dos Servidores avançam em diálogo institucional

Sinspjac levará propostas do TJAC para uma Assembléia Geral Extraordinária e novo encontro já foi definido em prol dos servidores do Judiciário Estadual.

Em mais uma reunião de trabalho, o Tribunal de Justiça do Acre e o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinspjac) se reuniram nessa quinta-feira (9) para um diálogo cujos resultados poderão ser percebidos ainda neste ano.

Realizado na Sede Administrativa do Poder Judiciário Estadual, o encontro foi marcado pelo “diálogo franco” e teve as presenças da desembargadora-presidente Cezarinete Angelim, da juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, de diretores e assessores do Tribunal, bem como dos representantes do Sindicato, Leuson Rangel (presidente), Isaac Ronaltti e Queffren Rego (ambos diretores).

reuniao_sindicato_tjac

Por pelo menos duas horas, foram discutidos assuntos como o auxílio-saúde, o auxílio-alimentação, o horário de expediente corrido, a Gratificação por Alcance de Resultados (GAR) e a Data-Base 2015/2016.

Negociações dessa natureza com o Sindicato costumam acontecer próximo do período de apresentação da proposta orçamentária para o ano seguinte, ou seja, no final do primeiro ano de gestão e, às vezes, apenas no início do segundo ano do Biênio. Desta vez, no entanto, já é o segundo encontro entre o TJAC e o Sinspjac em menos de um mês, sendo que o terceiro deve acontecer ainda neste mês de julho.

reuniao_sindicato_tjac_1

“Tenho a boa vontade de dar o máximo pela valorização do servidor. Tudo quanto seja possível iremos fazer. Vamos continuar dialogando, avançando e trabalhando para, dentro de nossas possibilidades, oferecer as melhores condições de deixar o nosso servidor feliz”, disse a presidente, desembargadora Cezarinete Angelim.

Ela apresentou propostas relacionadas ao auxílio-saúde e ao auxílio-alimentação, as quais serão levadas pelo Sinspjac para uma Assembléia Geral Extraordinária, que possivelmente ocorrerá na próxima semana.

A desembargadora-presidente também discorreu sobre o Expediente Forense, ressaltando que a proposta de horário corrido no âmbito do Judiciário já está sendo estudada. Em seguida, esse pleito será levado aos membros que integram o Tribunal Pleno Administrativo para apreciação e decisão.

Já ficou definido um novo encontro, possivelmente no dia 31 de julho, que permitirá um avanço nas negociações em prol dos servidores do Judiciário Estadual.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 10/07/2015