Tribunal de Justiça do Acre promove campanha pelo combate ao câncer de próstata

Programação especial alusiva ao Novembro Azul pela saúde do homem acontece no Átrio da Sede Administrativa do TJAC na próxima terça-feira (17).

Conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas. É com esse propósito que a atual gestão do Tribunal de Justiça do Acre tem integrado a campanha Novembro Azul, com uma série de atividades voltadas à prevenção, bem-estar e saúde do homem.

fachada_novembro_azul_tjac

Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

A desembargadora-presidente Cezarinete Angelim tem destacado a relevância da iniciativa, sobretudo porque o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre homens no Brasil e tem feito não pequeno número de vítimas fatais. “Essa campanha tem um grande significado e a gente chama atenção dos homens para que se cuidem, façam os devidos exames, se previnam. Toda essa programação tem uma só mensagem: vamos combater o câncer da próstata”, disse.

Dados preocupantes

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, seguido apenas pelo câncer de pulmão. Cerca de 1 homem em 36 morrerá de câncer de próstata.

Embora o câncer de próstata seja uma doença grave, no entanto, a maioria dos homens com a doença não morre por causa dela – desde que o diagnóstico seja feito com antecedência.

novembro_azul_programacao_tjac

As estimativas do INCA, para o período 2014/2015, são de cerca de 68.800 novos casos dessa enfermidade.

Para o periódico “JAMA Oncology”, o número de novos casos de câncer de próstata no Brasil saltou 414% entre 1990 e 2013, passando de 18,7 mil para assustadores 96,3 mil.

Já segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), 40 homens morreram de câncer de próstata em 2014 no Acre. No ano de 2013, foram registradas 38 mortes.

Atividades

Apesar das diversas atividades que já movimentam o “Novembro Azul” no âmbito do Poder Judiciário Acreano, o Tribunal de Justiça Acreano, por meio do Programa Qualidade de Vida, abre oficialmente a campanha na próxima terça-feira (17), a partir das 10h, no Átrio da Sede Administrativa do TJAC. A abertura do evento será conduzida pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim.

Novembro foi escolhido como mês oficial de conscientização sobre o câncer de próstata, pois 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O “Azul” veio da cor oficial usada como símbolo de combate à doença. Surgiu assim o Novembro Azul, movimento que prioriza ações de conscientização sobre a neoplasia.

Prédios do TJAC, incluindo o Palácio da Justiça, e a Sede Administrativa, já vestem azul desde o início deste mês como forma de chamar a atenção para a problemática.

Estão definidas seguintes atividades voltadas à saúde e ao bem-estar do gênero: avaliações ligadas à ginástica laboral; atendimento médico preventivo; exposição de feira orgânica; apresentação da Banda do 4º BIS, com lançamento dos balões azuis comemorativos, e apresentação cultural, com a equipe Humanizar.

Na quarta-feira (18), as atividades voltadas à saúde e ao bem-estar do gênero acontecerão no Fórum Criminal (8h às 12h) e no Fórum da Avenida Ceará (14h às 17h). No dia seguinte, 19 de novembro, será a vez dos Juizados Especiais (manhã) e Juizado da Infância e da Juventude (tarde) receberem as ações alusivas ao Novembro Azul.

novembro_azul_tjac_2

No Fórum Barão do Rio Branco, as atividades acontecerão no dia 20, pela manhã, quando magistrados, servidores e colaboradores serão também contemplados com avaliação postural, avaliação respiratória; alongamento terapêutico com bola suíça; técnica laboral de relaxamento, atendimento médico preventivo e apresentação cultural.

O ponto alto das ações em alusão à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas, no âmbito do TJAC, acontecerá no sábado (21), com a 1ª Corrida pela Vida, uma iniciativa do Poder Judiciário Acreano, que envolverá 200 atletas.

Qualidade de Vida

Assimilando sua importância e necessidade no contexto atual da saúde do magistrado e do servidor, o Programa Qualidade de Vida propõem ações de saúde com foco na Atenção Primaria (APS), sendo esta realizada de forma multidisciplinar, oferecendo soluções práticas e objetivas de caráter preventivo e curativo.

Toda a programação alusiva à campanha Novembro Azul, destinada a magistrados e servidores do Poder Judiciário Acreano, vai ao encontro da filosofia de trabalho implementada pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim para o Biênio 2015/2017, a qual se baseia na alteridade (olhar o outro na sua integralidade), na solidariedade e na justiça fraterna.

Promovida pelo TJAC, por meio da Dipes, a ação faz parte do Programa Qualidade de Vida, cujo slogan é “Cuidar e servir, de coração pra coração”, e tem como objetivo cuidar da saúde e proporcionar o bem-estar de magistrados e servidores do Judiciário Estadual.

Novembro Azul

A fim de alertar o público masculino sobre a importância do autocuidado em saúde e governantes sobre a necessidade de priorizar políticas públicas voltadas à saúde do homem, surgiram diversos movimentos ao redor do globo – o Novembro Azul é um dos mais conhecidos.

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença, visando a diminuir a taxa de mortalidade, que ainda é alta, o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) desenvolvem o Novembro Azul, uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil. O objetivo é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 13/11/2015