Tribunal de Justiça do Acre lança 1º Prêmio de Jornalismo do Poder Judiciário Estadual

Iniciativa inovadora visa reconhecer e valorizar profissionais da imprensa; maior aproximação com a sociedade; mais visibilidade às ações, projetos e programas da Instituição.

Iniciativa inovadora e de relevante caráter institucional, o lançamento do 1º Prêmio de Jornalismo do Poder Judiciário Estadual reuniu os principais veículos de imprensa nesta quinta-feira (10), no Plenário do Palácio da Justiça, centro de Rio Branco.

O 1º Prêmio de Jornalismo do Poder Judiciário Acreano tem como patrocinadora oficial a Caixa Econômica Federal (Governo Federal).

premio_jornalismo

A desembargadora Cezarinete Angelim conduziu a solenidade, à qual também compareceram a desembargadora Eva Evangelista, a juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, e o presidente Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Acre (Sinjac), Victor Augusto.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre explicitou o triplo objetivo da ação, bastante elogiada pelos profissionais da comunicação. “Primeiro, aperfeiçoar a imagem externa da instituição, estimulando a vocês a divulgar as principais ações, projetos e programas do Tribunal, dando visibilidade, e tornando-os conhecidos dos cidadãos. Segundo, esta iniciativa é um instrumento de valorização dos jornalistas locais, uma forma de reconhecer o seu valoroso trabalho, mediante premiação. E terceiro, mas não menos importante, a ação contribui diretamente para aproximação do Judiciário Estadual da sociedade”, disse.

lancamento_premio_jornalismo_tjac_3

Cezarinete Angelim também ressaltou que a Administração do TJAC ampliou consideravelmente a comunicação e informação da instituição, “propiciando maior percepção da sociedade à Justiça Acreana, tanto no âmbito estadual quanto nacional”.

Segundo ela, isso passa tanto pelo “trabalho competente da nossa Diretoria de Informação e Comunicação, quanto pela colaboração de vocês (jornalistas)”. “Como digo sempre, a imprensa sabe o que é notícia, sabe o que é importante e o que deve ser divulgado”, completou.

lancamento_premio_jornalismo_tjac_2

A desembargadora salientou ainda o papel que os veículos de comunicação assume no contexto acreano. “A imprensa sabe o que é notícia, sabe o que é importante e o que deve ser divulgado. São vocês que levam a notícia, os fatos, a informação precisa e de qualidade, aonde não podemos chegar, aos lares, famílias. Seja pela televisão, nas ondas do rádio ou até pela Internet, nos smartphones”, afirmou.

A decana da Corte de Justiça, desembargadora Eva Evangelista, classificou a imprensa como “um instrumento de fundamental importância para a atividade humana”, compartilhando com os presentes alguns episódios que demonstram a importância do trabalho desenvolvido pela imprensa acreana. “A desembargadora-presidente Cezarinete Angelim está de parabéns por essa iniciativa inovadora na história da Justiça Acreana, uma iniciativa que muito nos engrandece”. Ela também teceu elogios ao trabalho desenvolvido pela Diretoria de Informação Institucional (Diins), e enalteceu a ação, inédita nos 54 anos do Tribunal de Justiça.

lancamento_premio_jornalismo_tjac_4

O presidente Sinjac, Victor Augusto, exaltou a luta dos profissionais da comunicação que desde cedo estão nas ruas em busca de notícias, também elogiou a premiação do Poder Judiciário, e se demonstrou satisfeito com a iniciativa. “Temos orgulho de representar uma categoria que tem buscado se qualificar e, sem dúvida, esse prêmio só vem ainda mais a valorizar os profissionais da imprensa acreana”, destacou.

lancamento_premio_jornalismo_tjac_5

O Prêmio de Jornalismo

O 1º Prêmio de Jornalismo do Poder Judiciário Estadual é uma iniciativa da atual gestão do Tribunal, através da Diretoria de Informação Institucional. O objetivo é contemplar com premiações, mediante a modalidade concurso simples, as melhores matérias jornalísticas locais, veiculadas em língua portuguesa, que deem visibilidade ou repercutam iniciativas, projetos e programas do Tribunal de Justiça Acreano, as decisões de magistrados do 1º e 2º Graus – além de ações e projetos da Escola do Poder Judiciário (Esjud).

O concurso irá premiar as matérias jornalísticas cujo teor abranja o trabalho da Magistratura Estadual e a missão do TJAC, que é “garantir os direitos dos cidadãos do Estado do Acre, com justiça, agilidade e ética, promovendo o bem de toda sociedade”.

As pautas também poderão se concentrar em torno de projetos e programas institucionais, como Projeto Cidadão, Programa Justiça Comunitária, Programa Qualidade de Vida, Programa Natureza Viva, Projeto Bosque Florido, Projeto Cidadania e Justiça na Escola etc.

Ao todo, são cinco categorias: Fotojornalismo, Radiojornalismo, Webjornalismo, Telejornalismo e Impresso.

As inscrições já poderão ser feitas a partir da segunda-feira (14), e todas as informações, como o edital completo, a ficha de inscrição, etc., poderão ser obtidas no diretamente endereço eletrônico www.tjac.jus.br/premiodejornalismo. Já a cerimônia de premiação acontecerá no dia 14 de janeiro de 2017.

Para mais informações, os interessados também podem ligar para (68) 3302-0318 ou pelo e-mail diins@tjac.jus.br, ambos da Diins.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 17/02/2017