Tribunal de Justiça do Acre assina acordo com o TRF4 para utilização do Sistema Eletrônico de Informações (SEI)

Ferramenta inovadora vai permitir a modernização e gestão de documentos e processos eletrônicos administrativos em um ambiente virtual.

A atual Administração do Tribunal de Justiça Acre deu um relevante passo no sentido da modernização e gestão de documentos e processos eletrônicos administrativos. Desde que assumiu a Presidência, a desembargadora-presidente Cezarinete Angelim envidou esforços para concretizar esse sonho, estabelecido por ela como prioridade. Após meses de tratativas, o TJAC e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) assinaram nessa segunda-feira (24) o Termo de Cooperação Técnica para o uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

acordo_trt4_tj_sei_tjac_ago15_2

O documento foi assinado pela desembargadora Cezarinete Angelim e pelo desembargador federal Luiz Penteado, presidentes das respectivas instituições.

“Estou muito feliz, esta é uma grande conquista para o nosso Tribunal, pois irá otimizar nossas atividades e trabalhos, e contribuirá para que alcancemos as metas previstas no Planejamento Estratégico 2015-2020, de sermos um dos melhores tribunais do País. Já temos os nossos processos judiciais virtualizados e, a partir de agora, iremos virtualizar os administrativos, o que nos permitirá (como atividade meio) oferecer uma resposta mais ágil e eficiente na prestação dos nossos serviços tanto para o público interno quando externo (a sociedade), destacou a presidente do TJAC.

acordo_trt4_tj_sei_tjac_ago15_4

Também participaram do ato de assinatura do Termo a juíza-auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça Acreano, Mirla Regina, o diretor-geral do TRF4, Eduardo de Oliveira, o diretor de Tecnologia da Informação, Cristian Prange, e a diretora da Divisão de Gestão do Sistema SEI, Patrícia Garcia.

acordo_trt4_tj_sei_tjac_ago15_1

Cezarinete Angelim assinalou a importância do acordo, destacando, entusiasmada, as vantagens que o uso do sistema levará ao Poder Judiciário do Acre. “Este é um momento de grande repercussão para os nossos servidores, tanto pelos benefícios que a adesão ao SEI trará à nossa administração e finanças, quanto pelo estreitamento dos laços entre os tribunais”, considerou.

O desembargador Luiz Penteado apontou as condições que levaram ao desenvolvimento da ferramenta. “As circunstâncias me colocaram como representante desta Corte, mas é importante salientar que o SEI é uma criação coletiva que contou com a colaboração de diversos servidores deste Tribunal”.

Compartilhamento de Tecnologia

O SEI foi totalmente criado e desenvolvido por servidores do TRF4 e é cedido sem custos para outras instituições públicas. O sistema permite transferir toda a gestão de documentos e processos eletrônicos administrativos para um ambiente virtual. Com a ferramenta, a tramitação de expedientes, desde a criação, edição, assinatura, até o armazenamento, é realizada por meio eletrônico.

A plataforma já é adotada por mais de 60 órgãos públicos do País, entre eles o Supremo Tribunal Federal (STF), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

(Com informações do TRF4)

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 26/08/2015