TJAC torna pública convocação de novos conciliadores para atuarem em Rio Branco

A atual gestão já convocou 35 novos conciliadores para fortalecer a Comarca da Capital e do interior do Estado.

O Tribunal de Justiça do Acre tornou pública nesta terça-feira (30) a convocação de mais dois candidatos aprovados em processo seletivo para contratação temporária de conciliadores para atuação no âmbito da Comarca de Rio Branco.

De acordo com o Edital nº 44/2016, que é assinado pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim, publicado na edição nº 5.651 do Diário da Justiça Eletrônico (DJE, fls. 85 e 86), os convocados têm agora até à próxima terça-feira (7) para apresentar a documentação constante no Anexo I do documento junto à Gerência de Desenvolvimento de Pessoas (Gedep), localizada na sede administrativa do TJAC (Rua Tribunal de Justiça – Centro Administrativo, Rod. BR-364, Km 2, Via Verde).

A documentação solicitada, segundo o documento, “deverá ser original e será digitalizada no setor de entrega e devolvida ao candidato”.

A convocação atende à nova orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acerca da dotação de pessoal, bem como à política de priorização do 1º grau de jurisdição e à necessidade de adoções de medidas que “garantam a satisfação das necessidades da Administração”.

Ao todo, já foram convocados, somente na atual gestão, 35 novos conciliadores para atuação no âmbito da Comarca da Capital e também das comarcas de Acrelândia, Brasiléia, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Sena Madureira, Senador Guiomard, Tarauacá e Xapuri.

As ações buscam garantir as melhores condições possíveis para a continuidade do atual processo de aperfeiçoamento do Poder Judiciário Estadual com vistas à construção de uma Justiça cada vez mais célere, eficiente e fraterna, priorizando os métodos de resolução pacífica de conflitos, em atenção às políticas estabelecidas pelo CNJ.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 01/06/2016