TJAC leva atividades voltadas à prevenção do câncer de próstata ao Fórum Barão do Rio Branco

Magistrados e servidores foram contemplados com ações atinentes à campanha Novembro Azul no âmbito do Poder Judiciário, na manhã desta sexta-feira (20).

Na manhã desta sexta-feira (20), o Programa Qualidade de Vida, implementado pela atual gestão do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), esteve no Fórum Barão do Rio Branco realizando diversas atividades visando à conscientização sobre a prevenção do câncer de próstata referente à Campanha Novembro Azul, bem como promovendo a qualidade de vida e bem-estar dos magistrados e servidores.

“Louvável a atitude da presidente do Tribunal em divulgar e por em prática essa campanha. Nós que vivemos quase que exclusivamente para o trabalho é importante pararmos para podermos verificar como está nossa saúde”, declarou o juiz Luís Camolez, titular da Vara de Órfãos e Sucessões da Comarca de Rio Branco.

campanha_novembro_azul_forum_tjac_12

Juntamente com a conscientização efetuada devido à Campanha Novembro Azul, foram realizados diversos tipos de atendimentos no Fórum Barão do Rio Branco: relaxamento com psicólogo, consulta médica, alongamento terapêutico com bola suíça, avaliações da flexibilidade, da postura e avaliação respiratória, além do corte de cabelo que estava sendo feito pela equipe do curso de formação de cabeleireiros da Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas (Vepma).

O juiz Fernando Nóbrega, titular da 2ª Vara de Família da Comarca da Capital, elogiou as ações, “é uma iniciativa excelente promover a Campanha Novembro Azul como o Tribunal está fazendo, pois, segundo o que a Organização Mundial de Saúde afirma, saúde não é simplesmente a ausência de enfermidade, de doença. Saúde é, também, a prevenção e os cuidados tantos físicos como psicológicos e emocionais. Ao trazer esta Campanha concretiza-se tais ações de prevenção e fornece a oportunidade de vermos como está nossa situação física”.

campanha_novembro_azul_forum_tjac_7

Vestindo azul

Mostrando que as campanhas de conscientização e prevenção só funcionam quando todos aderem e participam o juiz Luís Camolez e os servidores da Vara de Órfãos e Sucessões vestiram a camiseta idealizada pelo TJAC para o Novembro Azul, “eu fiquei muito contente com a proposta da camiseta, então me comprometi com a presidente do Tribunal e com os funcionários para, hoje, nós todos daqui da Vara de Órfãos e Sucessões vestirmos a camiseta e demonstrarmos a Campanha”.

campanha_novembro_azul_forum_tjac_13

O magistrado conta que a atitude dele e dos servidores lotados na Vara de Órfãos e Sucessões visou “mostrar que cuidados com a saúde é para todos, magistrados, servidores. Devemos ser proativos, tirarmos a campanha do papel, nos conscientizarmos e cuidarmos de nossa própria saúde”.

Assim, o juiz Luís Camolez não só vestiu a camisa, como fez questão de realizar os atendimentos e o alongamento terapêutico para verificar se estava tudo em ordem com a saúde dele.

campanha_novembro_azul_forum_tjac_4

Descontração em prol da Saúde

Quebrando o tabu e as resistência que envolvem o exame preventivo do câncer de próstata, a equipe do Programa Qualidade de Vida do TJAC, em parceria com a Secretária Adjunta de Pessoas e Humanização (SEHUM), com a presença da doutora Dêgo Berêgo, especialista em firulilo e malemolência foram brincando, cantando e provocando risos passar o recado para os magistrados e servidores que trabalham no Fórum Barão do Rio Branco “vamos cuidar da saúde desses homens maravilhosos”.

O analista judiciário, Saul Benjamim, que tinha acabado de fazer um corte de cabelo, ressaltou a oportunidade de promoção da saúde e o espaço de dialogo promovido através de ações como essas, “a atividade favorece o dialogo entre o servidor e o próprio Tribunal, além de auxiliar na prevenção da saúde dos homens que é sempre tão negligenciada. Há pouco tempo lembro que homem não usava sequer protetor solar e hoje essas questões estão mudando gradativamente, graças a essas campanhas de conscientização”.

campanha_novembro_azul_forum_tjac_3

As ações demonstram a filosofia de trabalho que se baseia na alteridade (olhar o outro na sua integralidade), na solidariedade e na justiça fraterna, implementada pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim para o Biênio 2015/2017, e também mostram a importância de continuar realizando esses momentos de promoção da saúde, como disse o juiz Fernando Nóbrega: “eu reputo como algo de extrema relevância, de extrema magnitude e penso que deveria acontecer mais vezes no ano, não apenas no mês, porque a saúde é fundamental para que possamos desfrutar de uma qualidade de vida. Saúde e vida estão intimamente associadas”.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 20/11/2015