TJAC empossa dez novos Juízes

O Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, conduzirá nesta sexta-feira, 17, a sessão de posse de dez novos Juízes de Direito Substitutos, aprovados no XV Concurso Público de provas e títulos para ingresso na carreira da magistratura do Estado, aberto em 2006.

A solenidade, restrita a convidados, acontecerá no plenário do Palácio da Justiça, no Centro de Rio Branco, a partir das 19h.

Após a análise de alguns pedidos de renúncia e de recolocação na classificação geral, eles foram nomeados pelo Desembargador Pedro Ranzi em ato datado do dia 7 de abril deste ano (Diário da Justiça de 8.4.2009, fls. 1 e 2).

A relação dos dez novos magistrados da Justiça Estadual, pela ordem de classificação, é a seguinte:

Candidato
Classificação 
Gilberto Matos de Araújo 
 1º
Robson Ribeiro Aleixo 
 4º
Danniel Gustavo Bomfim Araújo da Silva 
 6º
Shirlei de Oliveira Hage Menezes 
 7º
Clovis de Souza Lodi 
 8º
Alesson José Santos Braz 
 10º
Francisco das Chagas Vilela Júnior 
 11º
Andréa da Silva Brito 
 12º
José Wagner Freitas Pedrosa Alcântara 
 14º
Zenice Mota Cardozo
 15º

Logo após serem empossados, os novos magistrados já iniciam suas atividades. Por meio da Portaria Conjunta nº 12, publicada na edição de hoje do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 03), o Presidente do TJAC, Desembargador Pedro Ranzi, e o Corregedor Geral da Justiça, Desembargador Samoel Evangelista, convocam os novos Juízes de Direito Substitutos para atuarem na Vara de Execuções Penais da Comarca de Rio Branco, nos próximos dias 18 e 21 de abril, como Auxiliares da Juíza de Direito Maha Manasfi, titular da unidade.

Também de acordo a mesma portaria, fica autorizada a entrada em exercício dos novos magistrados na Comarca de Rio Branco. Assim, eles serão incluídos pela Direção do Foro da Capital no plantão judiciário dos dias 18 e 21 deste mês.

Conheça os novos Juízes

Gilberto Matos de Araújo

 Nasceu no dia 7 de outubro de 1977, na cidade de Cuiabá (MT). Cursou o ensino fundamental no Colégio Notre Dame de Lourdes e o médio na Escola Técnica Federal de Mato Grosso. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Mato Grosso, colando grau em 2003. Atuou como advogado e servidor público de seu Estado até ser aprovado no concurso para Juiz de Direito Substituto no Acre.

Robson Ribeiro Aleixo

 Natural de Guarapari (ES), onde nasceu no dia 29 de março de 1975. Formou-se em 2001 pela Faculdade de Direito de Colatina, hoje União de Escolas de Ensino Superior Capixaba. Trabalhou como Advogado no período de junho de 2001 a maio de 2003, atuando em diversas áreas do Direito. Em junho de 2003 tomou posse no cargo de Agente de Polícia Federal no Estado de Rondônia, onde trabalhou até 09.02.2009. Em 10.02.2009 foi empossado Defensor Público da União, cargo que ocupou até o ingresso na Magistratura do Estado do Acre.

 

Danniel Gustavo Bomfim Araújo da Silva

 É natural de Manaus (AM). Nasceu no dia 29 de agosto de 1978. Concluiu o ensino fundamental e médio no Colégio Dom Bosco. Formou-se em Direito pelo Centro Integrado de Ensino Superior da Amazônia, em 2000. Atuou como advogado e assessor jurídico da Defensoria Pública do Estado do Amazonas. Chegou a ser aprovado no concurso público para Promotor de Justiça do Ministério Público amazonense. Trabalhava como agente da Polícia Federal até a recente aprovação no concurso para Juiz de Direito Substituto do Acre.

 

Shirlei de Oliveira Hage Menezes

 Acreana nascida no município de Tarauacá, n dia 2 de maio de 1978. Estudou o ensino fundamental no Instituto São José de Tarauacá e o médio no Colégio Santa Maria, em Rio Branco. Cursou Direito na Universidade Federal do Acre, onde concluiu os estudos em 2000. Concursada, atuou como técnica de finanças e controle da Controladoria Geral da União, técnica judiciária do Tribunal Regional Eleitoral e Defensora Pública do Estado do Acre, até a aprovação no concurso para Juíza de Direito Substituta no Acre.

C

lovis de Souza Lodi

 Nasceu em Rio Branco (AC) no dia 26 de setembro de 1980. Estudou do ensino fundamental ao médio no Colégio de Aplicação, em Rio Branco. Cursou Direito na Faculdade de São Carlos, em São Paulo, onde terminou os estudos em 2004. Desde então, atuava como conciliador do 3º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco.

 

 

Alesson José Santos Braz

 Natural de Maceió (AL), onde nasceu no dia 19 de março de 1981. Do ensino fundamental ao médio, estudou no Colégio Santíssimo Sacramento. Cursou Direito no Centro de Estudos Superiores de Maceió, onde colou grau no ano de 2003. Foi agente da Policia Civil de Alagoas, Defensor Público do Estado do Acre e agora Juiz de Direito Substituto.

 

 

Francisco das Chagas Vilela Júnior

 É natural de Teresina (PI), onde nasceu em 6 de outubro de 1973. Cursou o ensino fundamental nos institutos Maves de Ensino e Dom Barreto. Neste último também concluiu o ensino médio. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Piauí, colando grau em 1997. Foi Delegado de Polícia Civil do Estado do Maranhão e agora assume o cargo de Juiz de Direito Substituto no Acre.

 

Andréa da Silva Brito

 Nasceu em João Pessoa (PB), no dia 17 de abril de 1973. Concluiu o ensino fundamental na Escola Sagrado Coração de Jesus, e o ensino médio no Colégio Curso CA. Formou-se em Direito no Centro Universitário de João Pessoa, em 1998. Atuou no Ministério Público da União, na Procuradoria da República em João Pessoa, na Procuradoria Geral da República em Brasília. Também foi Procuradora do Banco Central e há dois anos atuava como Juíza de Direito no Estado do Pará, até ser aprovada no concurso para Juíza de Direito Substituta no Acre.

 

José Wagner Freitas Pedrosa Alcântara

 Natural da cidade de Afogados da Ingazeira (PE), onde nasceu no dia 3 de janeiro de 1977. Mudou-se para Rondônia no ano de 1984, onde iniciou a vida escolar. Estudou nos colégios Anísio Serrão de Carvalho, em Pimenta Bueno, Capitão Sílvio de Farias, em Jaru, e Cordeiro de Farias e Raimundo Euclides Barbosa, ambos na cidade de Pimenta Bueno. Concluiu o curso de Direito na Universidade Federal de Rondônia, em 1999. Atuou como advogado júnior da Caixa Econômica Federal, procurador da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia e Companhia de Energia Elétrica do Estado de Rondônia e chegou a ser aprovado no concurso público para Procurador do Município de Porto Velho, até a aprovação no concurso para Juiz de Direito Substituto do Estado do Acre.

Zenice Mota Cardozo

 É natural de Prudentópolis (PR). Bacharel em Direito, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, em 1991, e em Ciências Contábeis pela Universidade Tuiuti de Curitiba, em 2005. Pós-graduada em Direito Tributário, pelo Instituto Hipótese, Especialista em Direito do Trabalho pela Uni-Brasil. Advogada militante nas áreas cível e trabalhista desde 1991.   

                                                          

 

Leia mais:

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 17/04/2009