TJAC e Secretaria de Segurança celebram cooperação para acesso ao SIGO

A Secretaria de Segurança Pública (SESP) e o Tribunal de Justiça do Acre assinaram nesta semana o Termo de Cooperação Técnica nº 05/2010, durante a sétima reunião do Grupo de Gestão Integrada da Segurança Pública (GGI- SP).

O acordo permitirá o acesso virtual ao Sistema Integrado de Gestão Operacional (SIGO), da SESP, pelos membros do TJAC que atuam no âmbito da Justiça Criminal. Por meio dessas informações, será possível desenvolver ações conjuntas e aprimorar a execução da política estadual de segurança pública.

O Termo foi assinado pela Secretária de Segurança Pública do Estado, Márcia Regina, e pelo Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi. Estiverem presentes no ato o Promotor de Justiça Álvaro Pereira, representando o Ministério Público Estadual; o Superintendente da Polícia Federal, José Calazane; o Comandante Geral da Polícia Militar do Acre, Cel. Romário Célio e o Corregedor da Polícia Civil, André Monteiro.

  

  

O Presidente do TJAC ressaltou a necessidade de integração das instituições na questão da segurança pública. “Sozinhos não iremos a lugar algum. Precisamos dialogar com as instituições, e desenvolver estratégias conjuntas entre os Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, especialmente no que se refere à segurança pública, que tão diretamente afeta a todos nós. A integração de informações, nesse sentido, assume papel primordial para tornar nossas ações mais rápidas e eficientes. Este é um grande passo, pois o combate mais eficaz contra a criminalidade só será possível se houver uma união de esforços”, afirmou o Desembargador Pedro Ranzi.

A Secretária Márcia Regina destacou os avanços alcançados na SESP. "Os aspectos positivos obtidos a partir da criação da metodologia de Gestão Integrada da Segurança Pública são visíveis. As instituições precisam estar cada vez mais unidas e fortalecidas para que o combate à violência ocorra em toda a estrutura da Justiça Criminal", disse a secretária.

Com o uso do SIGO, os membros do Tribunal de Justiça Acreano terão acesso aos indicadores estratégicos do Estado: homicídio, tentativa de homicídio e roubo – o que contribuirá para celeridade processual e melhoria da rotina de produção dos magistrados.

Representantes dos órgãos que fazem parte da estratégia de integração da segurança pública participaram da reunião de trabalho: Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento de Polícia Técnica, Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN).

Durante o encontro, Márcia Regina apresentou os resultados alcançados com o SIGO, e os mais recentes indicadores sobre a situação da segurança no Estado, bem como as ações de combate à violência e à criminalidade.

 

Leia mais:

 

 

 

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 28/10/2010