TJAC e Governo do Estado prorrogam Convênio de Cooperação Técnica para a Justiça Volante

Serviço da Justiça Volante foi instalado desde o ano de 1995 no âmbito do Judiciário Acreano, sendo contabilizados mais de 39 mil atendimentos.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Cezarinete Angelim, esteve reunida na tarde dessa quinta-feira (28), em seu gabinete, com o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC), Gemil Júnior, e o representante do comando-geral da Polícia Militar, tenente-coronel Teles, para a assinatura do termo aditivo, que prorroga por mais um ano, o convênio de cooperação técnica entre o Executivo Estadual e o TJAC, referente ao Juizado de Trânsito (Justiça Volante).

Por ocasião do ato, a desembargadora-presidente fez questão de lembrar a implantação da Justiça Volante no âmbito do Judiciário Acreano, no ano de 1995, atribuindo ao Estado do Espírito Santo, “o modelo mais moderno”, o espelho para o projeto ser implantado no Estado do Acre. “Nesses 20 anos, o nível de sucesso e profissionalismo alcançados pela Justiça Volante acreana, uma das primeiras a serem implantadas no País, nos orgulha”.

cooperacao_tecnica_juiza_trans_tjac__detran_jan16_1

“Estivemos em Manaus implantando o serviço da Justiça Volante. Isso nos coloca também na condição de vanguarda. Mas vamos avançar, evoluir e até resgatar o serviço ‘Buraco Negro’, que muito auxiliava o Detran-AC, apontando, de forma segura, os locais com maior frequência de acidentes na Capital”.

Cezarinete Angelim enfatizou ainda que essa parceria entre o TJAC e o governo do Estado consiste em pacificar o trânsito, ao mesmo tempo em que aproxima a Justiça da sociedade, “dando prioridade ao bom atendimento e à celeridade aos processos”.

O diretor-geral do Detran-AC, Gemil Júnior destacou a importância do serviço prestado à sociedade pela Justiça Volante, que vista sempre à segurança das pessoas que diariamente transitam pelas ruas e estão sujeitas a acidentes. Ele enfatizou também o diagnóstico que se proporciona, por meio de estudos técnicos, com consequente repercussão na sinalização de trânsito, para melhoria desse sistema.

Já o secretário de Segurança, Emylson Farias, após ressaltar que a Justiça Volante foi implantada no Estado do Acre pela própria desembargadora Cezarinete Angelim (à época juíza de 1º Grau), reiterou a importância dessa parceria, lembrando que “a intenção é aumentar um serviço de excelência já prestado pelos órgãos públicos aos usuários das vias”.

Também estiveram presentes ao ato de assinatura do termo aditivo o diretor de gestão estratégica do TJAC, Neto Thaumaturgo, e a diretora administrativa e financeira do Detran-AC, Alana Albuquerque.

cooperacao_tecnica_juiza_trans_tjac__detran_jan16_2

Sobre a Justiça Volante

  • A Justiça Volante é um projeto desenvolvido desde 1995 pelo Tribunal de Justiça do Acre. Atualmente, o órgão está inserido no Sistema de Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco.
  • Quando a Justiça Volante é acionada, suas viaturas se dirigem até o local do acidente, propiciando às partes envolvidas o ressarcimento dos danos materiais de forma rápida, eficaz e segura.
  • Desde o início dos registros, no ano de 1995, quando o serviço da Justiça Volante foi instalado, já foram contabilizados mais de 39 mil atendimentos.
  • No interior do Estado, o serviço da Justiça Volante atende o município de Cruzeiro do Sul desde setembro de 2015, nos mesmos moldes do que é desenvolvido na Capital.

Postado em: Notícias | Tags:, , ,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 29/01/2016