TJAC é finalista do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 2012

O Tribunal de Justiça do Acre foi escolhido como um dos cinco finalistas do X Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria “Relacionamento com a Mídia”, promovido pelo Fórum Nacional de Assessores de Comunicação da Justiça (FNCJ).

O Judiciário Acreano concorre com o projeto do curso “Media Training para Magistrados – A Construção da Imagem Institucional do Poder Judiciário”, idealizado e executado por sua Assessoria de Comunicação Social (Ascom), em dezembro de 2011, como parte da programação científica da IV Jornada de Estudos da Escola Superior da Magistratura do Acre (Esmac).

Pela primeira vez, o tema “Comunicação e Justiça” compôs a pauta de debates dos magistrados acreanos em suas atividades de capacitação e formação continuada. O objetivo principal do projeto foi capacitar e sensibilizar a Magistratura para o relacionamento com a mídia e o estabelecimento de uma comunicação mais eficiente e efetiva com a sociedade. Atualmente o curso está em fase de credenciamento pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Embora necessários e comuns nos últimos anos, os cursos de media training normalmente são oferecidos por empresas privadas e com custos elevados para os tribunais, o que muitas vezes inviabiliza a sua realização. Assim, ao elaborar um curso próprio, utilizando seu corpo de profissionais, articulado com a realidade da comunicação local e a cultura interna do Poder Judiciário, a Ascom buscou cumprir essa importante capacitação, ao mesmo tempo que assegurar os melhores resultados do ponto de vista de alinhamento do trabalho da Assessoria com o da Magistratura.

O prêmio

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é uma iniciativa do FNCJ, uma organização não governamental sem fins lucrativos, voltada à promoção de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão.

A premiação tem por propósito incentivar os trabalhos realizados pelas Assessorias de Comunicação do Sistema de Justiça, estimular iniciativas na área da comunicação pública voltadas para o desenvolvimento da cidadania e para a aproximação entre os órgãos representados pelo FNCJ e a sociedade, além de servir como referência histórica, ao constituir um banco de dados para pesquisadores da área de comunicação e afins.

Os vencedores do prêmio serão anunciados no próximo dia 29 de julho, em Fortaleza (CE), ao final da programação do VIII Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça – Conbrascom, que reúne assessores do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensorias, Tribunais de Contas e demais instituições públicas, com a participação de ministros, juízes, procuradores e promotores de Justiça, bem como jornalistas e estudantes universitários.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 07/07/2015