TJAC e Esjud lançam 4ª edição do projeto Cidadania e Justiça na Escola nesta terça-feira (2)

Objetivo é conscientizar crianças sobre democracia, direitos, deveres, estrutura e atribuições do Poder Judiciário.

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e a Escola do Poder Judiciário (Esjud) lançam nesta terça-feira (2), a partir das 10h, no Palácio de Justiça, a 4ª edição do projeto Cidadania e Justiça na Escola, no âmbito da Comarca da Capital. Envolvendo 13 escolas municipais e contemplando mais de 1 mil alunos do 5º ano do ensino fundamental, a edição deste ano terá a parceria da Prefeitura Municipal de Rio Branco.

As atividades envolvem a visita de magistrados e colaboradores ao ambiente escolar para a realização de palestras educativas sobre o tema ‘Cidadania: Direitos e Deveres’. Em seguida, os alunos das escolas parceiras são convidados a conhecer a estrutura e funcionamento de algumas unidades estratégicas do Poder Judiciário. Além disso, os estudantes também participam da realização de atividades didático-culturais e júris simulados ao longo do desenvolvimento do projeto.

Escolas parceiras

Álvaro Vieira da Rocha, Anice Adib Jatene, Ione Portela da Costa Casas, Chico Mendes, José Potyguara, Francisco Augusto Bacurau, Maria Lúcia Moura Marin, Padre Peregrino Carneiro de Lima, Irmã Maria Gabriela Soares, Theodolina Falcão Macedo, Mariana da Silva Oliveira, Francisco de Paula Oiticica Filho, Juvenal Antunes e Ismael Gomes de Carvalho.

O projeto

O Cidadania e Justiça na Escola está vinculado ao programa “Justiça e Cidadania Também se Aprendem na Escola”, criado e implementado nacionalmente pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e tem por objetivo a conscientização de crianças sobre democracia, direitos e deveres, bem como sobre a estrutura e as atribuições do Poder Judiciário.

O projeto matriz foi lançado em 1993 e desde então vem sendo difundido por todo o País. A edição acreana tem como proposta primordial complementar o ensino, estabelecendo relações entre o conteúdo curricular das escolas e as atividades do Poder Judiciário no contexto do regime democrático brasileiro.

As atividades envolvem a visita de magistrados e colaboradores ao ambiente escolar para a realização de palestras educativas. Em seguida, os alunos das escolas parceiras são convidados a conhecer a estrutura e funcionamento de algumas unidades estratégicas do Poder Judiciário. Os estudantes também participam da realização de atividades didático-culturais e júris simulados ao longo do desenvolvimento do projeto.

Basic CMYK

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 01/06/2015