TJAC e Emurb firmam parcerias para melhorar acesso de cidadãos na Cidade da Justiça

Atual gestão também tem trabalhado na perspectiva de garantir a acessibilidade de pessoas com deficiência e a melhoria dos serviços oferecidos à população.

O Tribunal de Justiça do Acre e a Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) firmaram nesta terça-feira (5) parcerias para melhorar o acesso dos cidadãos na Cidade da Justiça de Rio Branco.

A reunião aconteceu no Fórum Criminal, de onde a desembargadora-presidente Cezarinete Angelim está despachando (e atendendo) por ocasião do Gabinete Itinerante da Presidência, instituído nesta semana na Capital. Além dela, participaram do encontro o diretor de Logística do TJAC, Antonio Flores, o diretor-presidente da Emurb, Jackson Marinheiro, acompanhando de José Carlos, diretor técnico.

reuniao_emurb_tjac_3

Ao elogiar a empresa pela qualidade das obras que executa, a presidente do Tribunal considerou que a preocupação da atual gestão reside em ampliar o acesso das pessoas à Justiça, e também a acessibilidade de pessoas com deficiência. Por isso, solicitou apoio para que sejam melhoradas as condições de infraestrutura e o acesso de pedestres e cadeirantes ao local.

Jackson Marinheiro, prontamente, disse à desembargadora poderia contar com a Emurb, pois o trabalho seria feito.

reuniao_emurb_tjac_4

As áreas interna e externa, as ruas paralelas, a entrada e o acesso lateral receberão os serviços da Emurb. Nesse sentido, será feita pavimentação (que vai da guarita até a entrada do Fórum Criminal).

A atual gestão do Tribunal já implementou uma série de ações que melhoraram consideravelmente as condições de trabalho no complexo, como também facilitaram a vida das pessoas que se dirigem à Cidade da Justiça.

Uma parceria do Tribunal de Justiça Acreano com a prefeitura de Rio Branco, estabelecida em 2015, por exemplo, ampliou o acesso e a iluminação pública no âmbito do novo Fórum Criminal. Foram implantados 160 metros de rede e colocados braços e luminárias no local. Essa medida voltada à iluminação pública também beneficiou os moradores do bairro Pedro Roseno, onde fica localizado o complexo arquitetônico.

iluminacao_cidade_justica_tjac_1

Por outro lado, a área externa do Fórum Criminal recebeu, em princípio, tratamento primário e, depois, o serviço de imprimação (pavimentação asfáltica). Esse trabalho foi realizado pela Emurb. A intenção foi a de garantir melhor trafegabilidade no entorno do empreendimento, que abriga 11 unidades judiciárias criminais da Capital.

Outra parceria com a prefeitura de Rio Branco viabilizou uma linha de ônibus destinada à Cidade da Justiça. Os cidadãos podem contar com dois veículos coletivos que passaram a circular no local.

onibus_cidade_justica_tjac_mar15_1

Com facilidade de acesso e transporte, a população e a comunidade forense serão recebidas com maior conforto e terão um atendimento mais otimizado.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 05/04/2016