TJAC convoca novos conciliadores aprovados em processo seletivo

O Presidente do Tribunal de Justiça em exercício, Desembargador Adair Longuini, por meio do Edital de Convocação nº 2 (Diário da Justiça Eletrônico de 14.10.2009, fl. 01), convoca parte dos candidatos aprovados no Processo Seletivo para Juízes Leigos e Conciliadores da Comarca de Rio Branco.

De acordo com o Edital, esta lista de convocação se justifica porque quatro candidatos convocados anteriormente optaram por migrar para o final da lista de classificados (item 14.1, do Edital nº 3, publicado na edição nº 3.937 do DJE). Além disso, a candidata Priscila Maia de Souza, classificada em 11º lugar, mesmo sem convocação, declarou expressamente seu interesse em ficar, de igual modo, no final da lista dos classificados.

Os novos convocados devem comparecer no prazo de três dias, a contar da data de hoje (15), ao Centro de Capacitação dos Servidores do Poder Judiciário (CECAP), unidade responsável pela organização do certame, localizada na Rua Marechal Deodoro, nº 471, no Centro da Capital.

Também devem apresentar a documentação exigida, para efeito de contratação, sob pena de perda da vaga da função a ser exercida. Para mais informações, os interessados devem ligar para os telefones (68) 3211-5548, 3211-5547 e 3211-5546, da Secretaria do CECAP.

Relação dos conciliadores convocados (por ordem classificatória de aprovação)

  • 12º Eliane Brito de Souza (80,0)
  • 13º Rogerio Justino Alves Reis (80,0)
  • 14º Mônica Paz de Souza (79,0)
  • 15º Mayra Cristine Bandeira de Lima (79,0)

Documentação exigida

  • 2 (duas) fotos 3×4 – recentes;
  • Carteira de Identidade e CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Título de Eleitor e comprovante de que está quite com a Justiça Eleitoral;
  • Certificado de Reservista (homem);
  • Comprovante de Inscrição PIS/PASEP;
  • Diploma ou declaração de conclusão de curso de bacharelado em Direito – para aprovados para a Comarca da Capital;
  • Declaração de disponibilidade de horário compatível com as atividades dos Juizados Especiais;
  • Certidões de bons antecedentes, expedidas pela Justiça Federal e Estadual;
  • Atestado de aptidão física e mental (profissional da área de medicina do trabalho);
  • Informações sobre conta-corrente bancária.

A documentação dos itens (2, 3, 4, 5, 6 e 7) acima deverá ser apresentada acompanhada de cópia, sem necessidade de autenticação.

Para mais informações sobre o processo seletivo, acesse o link especial disponível sobre o tema na página inicial do portal do Poder Judiciário – www.tjac.jus.br.

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 15/10/2009