TJAC avança no cumprimento da Meta 6: magistrados e servidores fazem MBA em Gestão Pública

O curso tele-presencial de MBA em Gestão Pública com Ênfase no Controle Externo, que está sendo oferecido aos magistrados e servidores do Poder Judiciário do Acre, pos-graduará, no caso daqueles que possuem curso superior, e especializará outros de nível médio, dentre os 118 alunos matriculados. Essa é a expectativa da coordenadora do curso, professora Glória Maria Gomes da Silva, da Assessoria da Presidência do TJAC. 

O curso é promovido por meio de parceria entre o TJAC e o Tribunal de Contas do Estado, que assinaram o termo de adesão Nº 001/03/2009, publicado no Diário Oficial nº 10.091, de 17 de julho de 2009, para estabelecer cooperação técnica e financeira, com a finalidade de custear os gastos com a capacitação, cujo público alvo são os servidores federais, estaduais, municipais e representantes da comunidade.

Pelo acordo, a responsabilidade técnica (transmissão do sinal) está sob responsabilidade do TCE. Já a responsabilidade operacional e financeira está a cargo do TJAC. A realização desse curso também conta com a parceria do Governo do Estado, Assembléia Legislativa, entre outras instituições públicas do Acre.

A aula inaugural aconteceu dia 11 de agosto e a previsão de encerramento é em fevereiro de 2011. Os objetivos do curso são aperfeiçoar os servidores do Judiciário na área da administração pública, no conhecimento e na operacionalização das modernas ferramentas de gestão para garantir uma administração centrada na eqüidade, transparência e responsabilidade.

Mais de 100 servidores das Comarcas do Estado participam do curso de MBA, sob coordenação da Escola Superior da Magistratura do Acre, que tem como Diretora a Desembargadora Eva Evangelista, e da Escola de Contas Conselheiro Alcides Dutra, do Tribunal de Contas do Estado, cujo Diretor é o Conselheiro Ronald Polanco.

A iniciativa do TJAC visa o cumprimento da Meta 6 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ): “capacitar o administrador de cada unidade judiciária em gestão de pessoas e de processos de trabalho, para imediata implantação de métodos de gerenciamento de rotinas”. As aulas acontecem no plenário do Palácio da Justiça, às terças-feiras, das 13h às 16h, e às quintas-feiras, das 8h às 11h.

Por um sistema de telefonia 0800 ou por e-mail os alunos podem interagir com o professor, que fala ao vivo de Curitiba (PR).O servidor Célio José Morais, da Vara de Delitos de Tóxicos e Acidentes de Trânsito, disse que o curso "é bem objetivo e garantirá um salto de qualidade para o Tribunal de Justiça".

O fato de conquistar uma pós-graduação com apoio da instituição onde se trabalha também merece elogio do aluno. "Servidor bem qualificado, ainda mais com essa mão generosa do TJ, significa boa prestação de serviços", afirmou. A frequência é boa e vamos formar todo mundo que está começando o curso. Eles estão começando a ficar mais a vontade para interagir com o professor", avalia a coordenadora do curso, Glória Gomes.

A Meta 6 , estabelecida em 16 de fevereiro de 2009 pelo CNJ, visa a capacitar o administrador, de cada unidade judiciária, em gestão de pessoas e processos de trabalho, para imediata implantação de métodos de gerenciamento de rotinas até 31 de dezembro.

Sobre o trabalho desenvolvido pelo TJAC visando o cumprimento das 10 Metas traçadas para o Judiciário nacional, o Presidente do TJAC, Desembargador Pedro Ranzi, afirmou “Estamos trabalhando firme para conseguir cumprir todas as metas até dezembro deste ano, conforme o prazo estabelecido pelo CNJ, pois sabemos dos resultados positivos que elas representarão para a Justiça Estadual”.  

    

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 31/08/2009