TJAC adere campanha Setembro Amarelo com atividades voltadas ao bem-estar

Várias ações serão realizadas com intuito de conscientizar servidores e a sociedade em geral sobre a prevenção ao suicídio. 

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) em mais um ano se une à campanha nacional Setembro Amarelo, com o intuito de reforçar ações voltadas ao bem-estar e qualidade de vida do público interno da instituição e, consequentemente, à sociedade em geral. As atividades buscam reforçar os cuidados ao corpo e a mente, e discutir sobre a prevenção ao suicídio.

Nas duas primeiras semanas, as ações serão voltadas para a mobilização com as luzes de cor amarela, e uma faixa na entrada, no prédio-sede da Administração, laços em amarelo distribuídos nas unidades judiciárias, além de divulgação de cards e vídeos de servidores do Poder Judiciário Acreano, nas mídias sociais do TJAC,  que superaram a depressão.

Na terça-feira, 17, haverá a palestra com a coordenadora do Núcleo de Prevenção ao Suicídio do Pronto Socorro, Andrea Villa Boas, e com o médico Fabricio Lemos, com o tema “Conversando sobre Ansiedade e Depressão”. A palestra será na Escola do Poder Judiciário (ESJUD).

Durante todo o mês, o Boletim do TJAC, veiculado na Rádio Aldeia, abordará o assunto com a participação de diversos entrevistados. O boletim vai ao ar, diariamente, às 12h.

Na última semana de setembro, o programa GEVID Itinerante, que realiza atendimentos de saúde nos fóruns de Rio Branco, promoverá uma roda de conversa entre os magistrados e servidores das unidades sobre a prevenção ao suicídio.

Para fechar a programação, será promovida a ‘Caminhada Segura’, no dia 26 de setembro, com o slogan “O TJAC se preocupa com você”, onde também, ao mesmo tempo, será realizado o ‘Dia D de prevenção ao suicídio’, em que todos os participantes são convidados a usar blusa amarela.

As atividades serão promovidas conjuntamente com o Comitê de Saúde, através da Diretoria de Gestão de Pessoas, Gerência de Qualidade de Vida e Diretoria de Informação Institucional (DIINS-GECOM).

Neste ano, o Ministério da Saúde enfatiza a necessidade de atenção especial com o bem-estar e a saúde mental de crianças e adolescentes, devido ao aumento no número de casos e de tentativas de suicídio entre esse público.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 02/09/2019