TJ pode ter mais dois desembargadores e cinco juízes ainda este ano

O Tribunal de Justiça do Acre pode sair dos atuais nove desembargadores para 11 até o final do ano. Pelo menos essa é a disposição do seu presidente, o desembargador Ciro Facundo de Almeida, que vem negociando essa conquista junto ao governador Jorge Viana. É que para o desejo do magistrado se tornar realidade, o governo do Estado precisa assegurar uma injeção de recursos no orçamento do Poder Judiciário. De acordo com Facundo, “a nossa conversa com o governador Jorge Viana está num ritmo bem adiantado e tenho certeza de que nosso pleito será atendido e poderemos, até o final do ano, chegar a 11 desembargadores. A realidade do nosso Tribunal exige esse aumento, a demanda é grande e precisamos de mais julgadores no Segundo Grau para dar uma resposta ainda mais satisfatória à sociedade”. Outra boa notícia para o Poder Judiciário e a população é a possibilidade de realização de concurso público para juiz de Direito substituto até o final do ano. O presidente do TJ está buscando o apoio do governo do Estado para abrir 11 vagas. “Nosso pensamento é chamar imediatamente pelo menos os cinco primeiros colocados no máximo até o início do próximo ano”, frisou Facundo. O desembargador está num ritmo intenso de realizações neste segundo ano de administração à frente do TJ. O desejo dele é fechar 2004 com um número recorde de ações em programas como o Projeto Cidadão, Justiça Comunitária, Juizado de Trânsito, Juizados Especiais, além da entrega a populações de sete cidades do Estado dos Centros Integrados de Cidadania (CICs) – três já foram inaugurados em Assis Brasil, Porto Acre e Brasiléia. Além do esforço em todas essas frentes, outra boa notícia pode ser dada a população de Rio Branco antes do final do ano chegar. É que o presidente Ciro Facundo trabalha junto ao governo do Estado para a instalação de mais duas varas na comarca da capital. Serão as Varas de Penas Alternativas e de Crimes Domésticos, reivindicações tanto dos organismos policiais quanto da comunidade local.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 20/02/2018