Servidores recém-empossados já são capacitados pelo Tribunal

Empossados em seus respectivos cargos (níveis médio e superior) na manhã desta terça-feira (3), os novos servidores do Poder Judiciário do Acre já participam de um Curso de Formação Inicial, que irá qualificá-los no desempenho de suas funções.

Coube ao presidente Roberto Barros a abertura oficial da atividade, promovida pela Escola do Poder Judiciário (Esjud).

Com o tema “Gestão voltada para resultados”, a apresentação percorreu diversos aspectos fundamentais para a compreensão do funcionamento prático da instituição, como a estrutura organizacional jurisdicional e administrativa.

O desembargador também apresentou aos novos serventuários da Justiça o Mapa estratégico 2010-2014; as Metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para este ano de 2014 e o Justiça em Números. Este último trata de um diagnóstico detalhado do funcionamento do judiciário, com dados sobre o número de processos em tramitação, taxa de congestionamento, carga de trabalho e informações de recursos humanos, por tribunal, além de outros dados.

Roberto Barros também citou o Índice de Produtividade Comparada (IPC-JUS), também do CNJ, que compara a produtividade entre tribunais do mesmo ramo e com estruturas similares (pequeno, médio ou grande porte).

Nesse caso, ele lembrou que o Tribunal de Justiça do Acre vem se destacando nos últimos anos tanto em produtividade, quanto na reduzida taxa de congestionamento – a segunda menor do País.

Também foi destacada a Gestão Estratégica, cujo escopo envolve quatro grandes áreas: diagnóstico organizacional, tecnologia da informação e comunicação, gestão de pessoas e recursos humanos.

O desembargador-presidente disse que a chegada dos novos servidores fortalece a instituição, mas ao mesmo tempo exigirá deles compromisso e dedicação, diante dos novos desafios.

“Quando temos mais magistrados e servidores em nosso corpo funcional, como agora, somos mais cobrados para atender o crescimento das demandas judiciárias e as metas nacionais que nos são estabelecidas pelo CNJ”, explicou.

Programação

Em seguida, o desembargador aposentado Arquilau Melo ministrou a palestra “História do Acre e o Poder Judiciário”.

O diretor da Esjud, desembargador Francisco Djalma, também felicitou os empossados, desejando a todos o melhor aproveitamento possível do curso de capacitação e sucesso na trajetória profissional.

 Entre os dias 4 e 6, o curso vai das 8h às 12h e das 14h às 17h40min. Nesse período, serão abordados temas como Planejamento Estratégico, Estrutura e Funcionamento do Poder Judiciário, Deontologia Profissional do Servidor Público, Relações Interpessoais, entre outros.

Já no dia 9 de junho, as atividades seguem até às 11h40min com o tema Gestão participativa (gestão por processos, redução de custos etc).

No período da tarde, do dia 9 até o dia 11 de junho, será apresentado o Sistema de Automação do Poder Judiciário (SAJ), uma ferramenta importante para o envio, recebimento e consulta dos processos virtualizados.

Os temas que integram os conteúdos do programa também serão focados no ambiente do trabalho, a fim de que eles possam perceber o contexto organizacional em que estarão inseridos e compreender as rotinas de trabalho.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 13/10/2014