Semana “Outubro Rosa” registra mais de 600 atendimentos em quatro dias de atividades

Servidores do Judiciário Estadual têm sido tratados como prioridade pela atual gestão do Tribunal de Justiça do Acre. 

A Semana “Outubro Rosa”, desenvolvida pela Presidência do Tribunal de Justiça, por intermédio da Gerência de Qualidade de Vida (Gevid), com a finalidade de conscientizar servidoras e magistradas acerca da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e colo de útero, já contabiliza mais de 600 atendimentos em quatro dias de atividades.

Depois de passar pela Sede Administrativa, Fórum Criminal e Fórum Barão do Rio Branco, as atividades se concentraram na Sede dos Juizados Especiais Cíveis, nesta quinta-feira (20), e a exemplo do que aconteceu nas demais unidades, o clima de harmonia e motivação contagiou aos presentes. Nesta sexta-feira (21), último dia de programação, as atividades se desenvolvem no Fórum da Avenida Ceará.

“Queremos dizer às servidoras e magistradas que é preciso se cuidar, é preciso fazer a prevenção do câncer de mama, e este serviço estará acessível a todas vocês”, alertou a desembargadora-presidente Cezarinete Angelim durante a solenidade de abertura no prédio do TJAC.

O servidor é prioridade máxima na atual gestão, razão pela qual tem trabalhado para garantir que sejam colocadas em prática a humanização, alteridade (que é colocar-se no lugar do outro) e o cuidado com os profissionais da Justiça.

Os atendimentos na área de saúde são os mais procurados pelos serventuários da Justiça, com destaque para aferição de pressão, teste de glicemia, preventivos PCCU e mama, testes rápidos de glicemia, hepatites e HIV. A programação também inclui rodas de conversas; dicas sobre a saúde da mulher, com Fisioterapeuta especialista no assunto; corte de cabelo, oficina de trança, maquiagem, massagens e distribuição de materiais informativos.

Leis Alimentares

Nesta sexta-feira (21), a partir das 8h, na Escola do Poder Judiciário (Esjud), ocorre o encerramento de outra importante ação desenvolvida pela Presidência, através da Gevid. Trata-se do projeto Leis Alimentares, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac), na pessoa da nutricionista Flávia Dias, com o objetivo de promover práticas de ações de educação alimentícia e nutricional, avaliação física e anamnese (histórico) dos profissionais.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Publicado em 20/10/2016