Semana da Conciliação: Justiça Acreana realiza 359 audiências e negocia mais de R$ 248 mil no primeiro dia

O Tribunal de Justiça do Acre comemora o sucesso alcançado no primeiro dia da Semana Nacional da Conciliação no Estado. De acordo com números divulgados pela Corregedoria Geral da Justiça (COGER), foram realizadas 359 audiências nas unidades judiciárias de todo o Estado, tendo sido homologados 139 acordos, que resultaram no total de R$ 248.670,37 negociados.

A Semana Nacional da Conciliação no Acre foi aberta oficialmente na  segunda-feira (29). O ato de abertura aconteceu no Fórum Barão do Rio Branco e contou com a presença do Presidente do tribunal de Justiça do Acre em exercício e do Corregedor Geral da Justiça, Desembargadores Adair Longuini e Samoel Evangelista, respectivamente.

Também participaram do ato os representantes de várias instituições, dentre eles a Desembargadora-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (Rondônia e Acre), Maria Cezarineide de Souza, o Diretor do Foro da Justiça Federal em Rio Branco, Waldemar de Carvalho e o Presidente da OAB/AC, Advogado Florindo Poersch.

 

Para o Desembargador Adair Longuini, o grande diferencial da Semana neste ano é a reunião da Justiça Estadual, Justiça federal e Justiça do Trabalho em um mesmo local, orientação do CNJ, que defende um trabalho irmanado entre todos os setores da Justiça brasileira. “Estamos trabalhando em conjunto e em busca dos mesmos objetivos, que é assegurar a resolução dos conflitos e restaurar a paz social”.

Ele ressaltou a importância da conciliação como forma de resolver os conflitos da sociedade e restaurar a harmonia e a paz entre as partes. “A mediação tem a vertente de pacificar as partes, de maneira que eu sou um defensor dessa forma de se buscar distribuir justiça”, enfatiza o magistrado.

No âmbito do Tribunal de Justiça do Acre 2.055 audiências estão agendadas para a Semana Nacional de Conciliação, o que não impede, entretanto, que os advogados de pessoas que possuam demandas nas diversas varas e juizados procurem as unidades judiciárias para agendar audiências.

Em torno de 300 participantes, entre magistrados, servidores e voluntários, estão atuando no Movimento pela Conciliação, com o objetivo de realizar o máximo de conciliações possíveis, promovendo acordos entre as partes litigantes e a resolução rápida de conflitos.

Os trabalhos estão sendo desenvolvidos nos próprios fóruns das comarcas acreanas, no horário de 8h às 18h, junto com o expediente forense normal. Em Rio Branco, a maior comarca do Estado, o TJAC concentra a realização de audiências em dois locais: no Fórum Barão do Rio Branco, no Centro da cidade, e nos Juizados Especiais Cíveis, localizado no bairro Bosque.

O Movimento pela Conciliação, coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça, visa tornar mais rápida e efetiva a prestação jurisdicional, além de promover a cultura da paz e do entendimento.

Para mais informações, os interessados podem ligar para o número (68) 3211.5323 – Secretaria da Corregedoria Geral da Justiça, ou enviar um e-mail para os endereços conciliacao@tjac.jus.br ou faleconosco@tjac.jus.br.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 30/11/2010