Revista e Informativo da Escola da Magistratura são lançados durante a IV Noite Magistral

Para encerrar o calendário de atividades da Escola Superior da Magistratura do Acre em 2009, o Tribunal de Justiça e o Órgão de Ensino promoveram a V Noite Magistral na noite da última sexta-feira (18). O evento aconteceu no Palácio da Justiça, em Rio Branco, e reuniu magistrados e servidores em torno de uma confraternização cultural que já virou tradição no Judiciário.

O projeto Noite Magistral é uma oportunidade de juízes, desembargadores, servidores e convidados demonstrarem seus talentos, com apresentações literária, musical, teatral, entre outras. Como nos últimos dois anos, o evento teve como mestres de cerimônia os Juízes Solange Fagundes e Marcelo Badaró. Entre outros convidados especiais, este ano contou com a presença do desembargador aposentado Lourival Marques, que pela primeira vez participou da atividade. Um dos momentos mais emocionantes da noite foi a participação da Juíza de Direito Regina Célia Ferrari Longuini, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública, que declamou o poema Cantares, de sua autoria (veja abaixo na íntegra).

Na abertura do evento, um vídeo com a Diretora da Escola, Desembargadora Eva Evangelista, saudou a platéia com uma síntese da história da Noite Magistral e a mensagem de final de ano da Escola. O Presidente do TJAC, Desembargador Pedro Ranzi, também registrou em vídeo suas felicitações de paz, prosperidade e boas festas aos presentes.

A programação do evento incluiu neste ano o lançamento da Revista e do Informativo da Escola da Magistratura, duas “importantes conquistas”, segundo a Desembargadora Eva Evangelista. A Diretora da Escola fez questão de registrar que o material é “fruto do trabalho e da dedicação daqueles que acreditam na ESMAC e no papel fundamental que ela desempenha na estruturação do Poder Judiciário Acreano”.

A Revista ESMAC reúne 13 trabalhos de magistrados que recentemente concluíram o “MBA em Administração de Poder Judiciário”, curso promovido por meio de uma parceria do Tribunal de Justiça, Governo do Estado e Faculdade de Direito da Fundação Getúlio Vargas. Na apresentação do material, Eva Evangelista registrou seus agradecimentos aos desembargadores Samoel Evangelista, Izaura Maia e Pedro Ranzi pelo apoio concedido à realização do curso de MBA.

Em seu pronunciamento, a Desembargadora ainda fez um agradecimento especial ao atual Presidente do Tribunal de Justiça, pela atenção dispensada em face das necessidades e demandas da Escola da Magistratura, que no segundo semestre deste ano ganhou uma sede própria. Por fim, ela agradeceu ao Conselho Consultivo da ESMAC, na pessoa da Juíza Regina Longuini, pelo esforço e dedicação direcionados para o fortalecimento do Órgão de Ensino.

“Esperamos em breve lançar o segundo volume da nossa revista. Desde já, todos estão convidados a fazer suas contribuições”, afirmou a Desembargadora, mencionando que os objetivos da Revista e do Informativo ESMAC são de fortalecer a comunicação da instituição, assim como incentivar, registrar e divulgar a produção científica dos magistrados acreanos.

 

CANTARES

Hoje é dia de cantar, meditar com alma…
Afinal, chegou o fim do ano, o natal.
E ponho-me a pensar…
O que fiz?
O que você fez?
O que fizemos?
É hora de balanço.

Nesta noite dedicada à arte,
poesia e música, paramos
um pouco para interpretarmos
não a lei, mas o mundo,
diante de um som, de um verso,
diante de uma palavra,
movidos pelo bálsamo da ternura.

Então, estamos aqui
sem agravo, sem exceção,
sem embargos, sem infringências,
sem apelações.
Taxa de congestionamento sob descanso.
Toga dobrada.

Somente por amor…
Palavra de luxo!!!
Testemunhamos e também choramos.
Mães que choram seus filhos presos.
Pais chorando seus filhos prostituídos.
Filhos chorando a separação e o abandono dos pais.
Maridos e mulheres nas delegacias,
em noites de agressão.

Noites traiçoeiras, onde irmão mata o irmão.
O sol de meio dia onde irmão calunia irmão.
Pais, avós e irmãos chorando tantas agressões de seus queridos drogados e embriagados.
Filhos chorando a perda da pensão e a vaga da faculdade.
E tantas coisas mais…

Tentamos executar sentenças de amor…
Não somos reis de lugar nenhum…
Mas desejamos ardentemente
Ser reis dos sonhos
Que levam à paz, ao entendimento.

Entender…
Entrar na tenda do outro…
Tentamos… Vamos continuar…
A luta será eterna,
apesar de barreiras…
Atando elos, desejando antes de tudo que o silêncio dos rios, e a luz mágica
e brilhante do amanhecer venha-nos
Inspirar na caminhada…

Nossa casa no natal
Será tomada de flores
Tragam copos, tragam vasos
Para a invasão das cores
das flores…
Venham almas e retalhos…
Vamos repartir canções.

Amigos,
Que a travessia de 2010 seja de tardes promissoras,
de noites que sorvam seu cansaço, de manhãs à mesa com pão, de domingos com namoros e beijos,
e de vestidos azuis ou vermelhos…

Prestem atenção nos detalhes:
O céu pode estar no olhar amigo,
Na sinceridade da oração,
No trocar da fralda do seu filho…

Na dança dos pássaros no céu…
Na calma da chuva
fria e mansa…
No ar cálido da floresta…
No vento que balança seus cabelos…
Na amizade de anjos terrestres que nos põem em pé
quando nossas asas estão quebradas…
No abraço da reconciliação…

Feliz Natal!!!

Autora: Juíza de Direito Regina Célia Ferrari Longuini

 

Leia mais:

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 22/12/2009