Reunião com magistrados define reforma no Fórum Barão do Rio Branco

Durante reunião ocorrida no Fórum Barão do Rio Branco, na manhã dessa (19), na Capital, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, desembargador Roberto Barros, falou aos magistrados daquela unidade judiciária a respeito da reforma que acontecerá nas instalações do Fórum.

Na ocasião, Roberto Barros detalhou quais ações serão implementadas nesta primeira fase dos trabalhos e ressaltou que o contrato referente à ordem de serviço da obra de reforma do Fórum Barão do Rio Branco já foi assinado.

Preocupado com o bem estar do cidadão que procura o Judiciário Acreano, o Tribunal promoverá a climatização de todo o setor de atendimento ao público e atuará na área de acessibilidade do Fórum. “Vamos instalar um elevador e, assim, melhorar a acessibilidade ao prédio do Tribunal e, com isso, melhorar a questão do atendimento ao público” afirmou Roberto Barros.

Em sua fala, o presidente destacou ainda que haverá a substituição de todo o telhado do prédio. Este serviço será realizado de forma paralela à execução de um serviço de drenagem. Nesta etapa, na área onde está localizada a 5ª Vara Cível, será construído um acesso externo para permitir a manutenção do telhado sem interromper os trabalhos da unidade judiciária.

Na área de segurança, o Tribunal promoveu a troca de todo o sistema de alarmes do Fórum e atuará na implantação de um Circuito Fechado de Televisão (CFTV). Com estas iniciativas, o TJAC auxilia na proteção de magistrados, servidores e dos cidadãos que frequentam aquela unidade do Judiciário Acreano.

Por fim, o presidente ressaltou que, no decorrer da reforma, os trabalhos no Fórum não serão suspensos. “Durante o período de reforma, nós não pararemos as atividades do Fórum para não prejudicar a população. Assim, deveremos contar com a colaboração tanto do servidor como dos magistrados e da própria população. Nosso intuito é um só: melhorar a qualidade do serviço prestado pelo Judiciário”, afirmou Roberto Barros.

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 15/10/2014