Ressocialização é tema de reunião entre TJAC e FIEAC

Parceria visa a qualificação e reinserção de reeducandos no mercado de trabalho.

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, recebeu, nesta segunda-feira (11), em seu gabinete, gestores da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC). Durante o encontro, foram discutidas possíveis parcerias para qualificação e reinserção de reeducandos no mercado de trabalho.

O desembargador-presidente avaliou de forma positiva as possíveis parcerias ressaltando a dificuldade que o reeducando possui em ingressar no mercado de trabalho quando sai do sistema carcerário.

“As ideias são válidas. Isso vem somar com a Administração. Sinto-me honrado com a proposta. Vamos providenciar o Termo de Ressocialização para proporcionar oportunidades de capacitação e vagas de trabalho nas indústrias acreanas para os reeducandos. Reinseri-los ao convívio social para que eles tenham uma nova chance de viver em sociedade respeitando as regras impostas”, ressaltou.

A reunião teve a participação ainda dos juízes-auxiliares da Presidência Andrea Brito, Lois Arruda e do diretor de Gestão Estratégica, Euclides Bastos. A juíza Andrea Brito, também titular a Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas (Vepma) de Rio Branco, explicou sobre a Central Integrada de Alternativas Penais (CEAP) e sobre o macro desafio do Poder Judiciário Acreano nas questões de cidadania e aprimoramento da justiça criminal, que reforça a ressocialização.

“Iniciativas como estas é que vamos avançar. A CEAP é a política dada pelo Governo Federal. Inicialmente o recurso veio para instituir a central, mas ela não fará nada se não houver administradores para fazerem essa política de ressocialização. Vamos materializar essas ideias”, disse.

O presidente da FIEAC, José Adriano Ribeiro, lembrou que o Sistema FIEAC, por meio do SENAI, já promoveu cursos com reeducandos há alguns anos e os resultados foram relevantes.

“Trouxemos propostas para continuarmos com parceria relativa a ressocialização. Queremos colocar a FIEAC à disposição e sermos parceiros das ações. Temos intenção de montarmos um leque de atividades dentro do sistema S”, enfatizou.

O diretor-regional do SENAI no Acre, César Dotto, também apresentou várias atividades desenvolvidas no sistema S.

Uma nova reunião ficou agendada para a assinatura do termo de parceria.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags: