Reforma do Fórum de Tarauacá terá início na próxima semana

A Direção do Tribunal de Justiça do Acre anunciou, para a próxima semana, o início da reforma do Fórum Desembargador Mário Strano, da Comarca de Tarauacá. A obra, cuja previsão de gastos é de R$ 594 mil, será executada pela empresa RCM – Engenharia e Projetos Ltda, vencedora do processo Licitatório concluído no dia 24 deste mês. 

A reforma tem por finalidade melhorar as instalações físicas do prédio e proporcionar um ambiente de trabalho mais adequado aos profissionais e servidores que trabalham no local e ao público atendido pelo Fórum.

De acordo com o projeto básico elaborado pela Coordenadoria de Engenharia, Arquitetura e Manutenção (CEAM) do Tribunal de Justiça, os serviços deverão ser executados no prazo de 120 dias, contados a partir do recebimento da Ordem de Serviço.

Outra exigência contida no edital de licitação é de que a empresa vencedora do certame licitatório responderá durante o prazo de 5 anos pela solidez e segurança dos trabalhos, contados a partir da data de entrega definitiva da obra.

Em recente visita à Comarca, o Presidente do Tribunal, Desembargador Pedro Ranzi, verificou in loco as atuais condições do antigo prédio onde funciona o Fórum, e em conversa com os servidores, constatou a urgente necessidade de reformar a unidade. “Esse é um problema que a nossa gestão faz questão de resolver com urgência”, afirmou. 

Segundo o escrivão Raimundo Lucivaldo Firmino, o prédio foi construído em 1982 e será reformado pela primeira vez. “Aguardamos por isso há muito tempo, mas somente agora estamos sendo contemplados”, afirmou, acrescentando que o anúncio da obra, feito pela atual gestão do Tribunal, causou alegria e satisfação aos 35 servidores e 5 cinco estagiários da unidade judiciária.

A Comarca de Tarauacá, que desde o início do mês de maio está sob a responsabilidade da Juíza Substituta Andréa Brito, possui hoje 4.243 processos em andamento.  

A construção, a reforma e a ampliação das unidades do Judiciário fazem parte das metas da atual administração, visando melhorar as condições de trabalho de seus magistrados e servidores, bem como oferecer uma prestação jurisdicional cada vez mais qualificada.

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 25/06/2009