Rádio Justiça: os direitos do consumidor em debate

Confira, a seguir, os destaques da programação da Rádio Justiça para hoje, sexta-feira, 14.03.2008. Informamos que a programação segue o horário oficial de Brasília (DF), mas que a Rádio disponibiliza em seu site – www.radiojustica.gov.br – um acervo onde os usuários podem consultar, ouvir ou fazer o download dos programas de seu interesse.

Rádio Justiça debate o princípio da reciprocidade nesta sexta

O grupo de 30 brasileiros impedido de entrar em território espanhol neste mês acirrou o debate sobre o princípio da reciprocidade. Na ocasião, o Ministério das Relações Exteriores afirmou, por meio de nota, que “está examinando a adoção de medidas apropriadas em resposta ao ocorrido, tendo em conta, inclusive, o princípio da reciprocidade”. De cada cinco pessoas barradas pela imigração espanhola em 2007, duas eram brasileiras. O princípio implica no direito de igualdade e de respeito mútuo entre os países. Para falar sobre o assunto, Pedro Beltrão e Miguelzinho Martins entrevistam o professor do Instituto Rio Branco Jorge Fontoura e o juiz Carlos Roberto Husek. O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Sandro Torres Avelar, fala sobre os documentos necessários para a entrada em outro país. O “Espaço Forense” começa às 11h da manhã.

Hora Legal discute a adaptação de caixas eletrônicos para o acesso de pessoas com necessidades especiais

A justiça amazonense deu prazo de 90 dias para que o Banco da Amazônia S/A realize os ajustes necessários nos caixas eletrônicos para o acesso de pessoas com necessidades especiais. Se descumprir a decisão, o banco pagará multa diária de R$ 100 mil. A instalação deve seguir as regras previstas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. Para mais detalhes, Pedro Beltrão entrevista o juiz Flávio Humberto Pascarelli Lopes, da 11ª Vara Cível da Comarca de Manaus (AM).

Leis que não “pegam” é tema da matéria especial

É proibido jogar lixo na rua, criança ou adolescente não pode consumir bebida alcoólica e cliente deve esperar, no máximo, 30 minutos na fila do banco. O repórter Fábio Ruas apresenta reportagem especial sobre as leis que não “pegam”. A reportagem é apresentada no “Notícia e Cidadania – 2ª Edição”, a partir do meio-dia. Também vai ao ar no programa “Acesso Público”, às 22h. Há ainda a opção de ouvir pelo site www.radiojustica.gov.br.

Programa "Comunidade" discute os direitos do consumidor

Às vésperas do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, comemorado neste sábado, o programa “Comunidade” será transmitido excepcionalmente nesta sexta-feira diretamente da Rodoviária de Brasília. No local, o apresentador Walter Lima ouve a população e especialistas sobre os direitos do consumidor. Entre os entrevistados estão o administrador da Rodoviária, Evaldo Diniz, e a ex-diretora do Procon do Distrito Federal Maria Dagmar. O programa começa às 15 horas. 

Indenização para Maria da Penha é um dos temas do “Justiça no Rádio”

Maria da Penha, símbolo do combate à violência contra a mulher, deve receber indenização do governo cearense após sete anos de julgamento do caso. Esse é um dos destaques do “Justiça no Rádio”. A indenização a ser paga por jornal mato-grossense à vítima de estupro que teve seu nome divulgado indevidamente também é tema do programa. Acompanhe a partir das 9h da manhã. 

Escritor Caio Fernando Abreu e cantora Clara Nunes em destaque na programação cultural da Rádio Justiça 

O “Pro Verbo” resgata, a partir das 21h, os pensamentos turbulentos de Caio Fernando Abreu, um escritor visceral. O “Justo Samba” apresenta as músicas que viraram sucessos na voz inconfundível de Clara Nunes. No repertório, canções como “Juízo Final”, O “Mar Serenou” e “Coração Leviano”. O programa vai ao ar ao meio-dia e meia.

Emissoras recebem boletins da Radioagência Justiça

As principais notícias do Judiciário estão nos jornais das 8h, 12h, 18h30 e 22h30. Os boletins podem ser retransmitidos por outras emissoras. Basta um cadastro pela internet. A Rádio pode ser sintonizada na freqüência 104,7 FM, em todo o Distrito Federal, ou pela rádio web, via internet, no endereço eletrônico www.radiojustica.gov.br. Nas unidades do Poder Judiciário do Acre, os interessados devem acessá-la a partir do link disponível na página do TJAC: www.tj.ac.gov.br.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 14/03/2008